Guia do Estudante

Agenda

MEC divulga segunda chamada do Sisutec

Matrícula dos aprovados deve ser feita entre 23 e 27 de agosto

da redação | 22/08/2013 13h 7

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quinta-feira (22), a segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). O resultado pode ser conferido na página do Sisutec na internet.

As matrículas desta convocação devem ser feitas entre os dias 23 e 27 de agosto nas instituições de ensino para as quais os estudantes foram chamados.

 

As vagas que sobrarem a partir de agora serão ocupadas em livre concorrência, por meio de inscrições online realizadas exclusivamente pela página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), entre os dias 29 de agosto a 16 de setembro. Nessa fase, será exigida apenas a conclusão do Ensino Médio, sem a obrigatoriedade de participação no Enem.

As aulas terão início entre 22 de agosto e 21 de outubro.

Balanço

Segundo o balanço geral divulgado pelo MEC, os cursos do Sisutec que apresentaram a maior concorrência foram os de técnico em processos fotográficos (67,20 inscrições por vaga), técnico em petróleo e gás (26,73 inscrições por vaga), técnico em construção naval (19,80 inscrições por vaga) e técnico em óptica (17,45 inscrições por vaga).

A seguir, a lista de cursos mais procurados:

1º - Segurança do Trabalho - 89.656 inscritos
2º - Informática - 71.850 inscritos
3º - Enfermagem - 63.976 inscritos
4º - Logística - 53.232 inscritos
5º - Radiologia - 33.051 inscritos

O que é o Sisutec

O sistema oferece, nesta primeira edição, 117 cursos de diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas, em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Todas as instituições têm indicadores positivos no Ministério da Educação.

Os candidatos que cursaram o Ensino Médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas.

O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.


LEIA MAIS

- Notícias de vestibular e Enem

Compartilhe