Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

As tensões entre China e Taiwan e mais atualidades da semana

O GUIA DO ESTUDANTE selecionou 5 notícias relevantes do Brasil e do mundo nesta semana

Por Taís Ilhéu 5 ago 2022, 09h28

Uma das principais dicas para se dar bem no vestibular é ficar atento ao noticiário. As famosas atualidades aparecem como pano de fundo em questões da prova e podem também ser úteis na hora de redigir a redação. Acompanhá-las é importante tanto para os estudos quanto para o próprio exercício da cidadania.

Pensando nisso, o GUIA DO ESTUDANTE lança, todas as sextas-feiras, um resumo de cinco acontecimentos relevantes da semana. Confira abaixo!

Parlamentar americana vai a Taiwan e acirra tensões com a China

Uma breve visita da presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, a Taiwan nesta quarta-feira (3) foi capaz de desencadear exercícios militares e a disparada de mísseis pelos chineses. Isso porque ao desembarcar na ilha, a parlamentar americana sinalizou uma forma de apoio a Taiwan em um impasse com a China que já dura mais de 70 anos.

Desde o fim da Guerra Civil chinesa, nacionalistas se refugiaram na ilha e denominaram Taiwan como a “verdadeira China”, administrando a ilha como um território autônomo desde então. A China, no entanto, nunca reconheceu essa autonomia.

Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE explica o contexto dessa disputa e porque a visita de Nancy Pelosi gerou tanto alvoroço no cenário internacional esta semana.

O mês que marca os 10 anos da Lei de Cotas no Brasil

Há dez anos, em agosto de 2012, a presidente Dilma Rousseff sancionava a Lei de Cotas. Desde então, 50% das vagas em todas as universidades e institutos federais do país passaram a ser destinadas para pessoas que estudaram em escolas públicas. Há ainda uma subdivisão que destina parte dessas vagas para pessoas de baixa renda, pretas, pardas e indígenas (agrupadas pela sigla PPI) e para pessoas com deficiência.

Neste mês que marca os dez anos da Lei de Cotas no Brasil, o GUIA DO ESTUDANTE publica uma série de reportagens sobre o tema. A primeira delas, que você acessa clicando aqui, explica o que é a lei e quais são as disputas em torno da sua revisão, marcada para este ano.

Cresce o número de retificações de nome e gênero no Brasil

Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo nesta semana revelou que 1.124 pessoas de todo o país procuraram cartórios no primeiro semestre de 2022 para retificar o nome em consonância com o gênero com o qual se identificam. O número é um recorde em relação a anos anteriores.

Continua após a publicidade

De acordo com a reportagem, a procura por retificações cresceu depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2018, que permitiu a pessoas transexuais mudarem o nome e gênero nos documentos de identidade mesmo sem terem realizado uma cirurgia de redesignação sexual.

A medida é um avanço no combate a transfobia. Clicando aqui, você confere uma reportagem do GUIA DO ESTUDANTE que explica porque o Brasil é um dos países mais violentos do mundo com pessoas transexuais.

Começa a coleta de dados do Censo Demográfico

Desde segunda-feira (1), mais de 150 mil recenseadores do IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, estão nas ruas de todo o Brasil realizando entrevistas para elaboração do Censo Demográfico. Em 2022, os entrevistados respondem a dois tipos de questionário: um básico, com 26 questões, e um ampliado, com 77. São perguntas que ajudarão a estimar o tamanho, o gênero, a raça e diversas outras informações sobre a população brasileira.

Neste texto, o GUIA DO ESTUDANTE explica a importância do Censo para a elaboração de políticas públicas no país, e porque seu adiamento em dois anos consecutivos resultou em sérias consequências, impactando até mesmo a campanha de vacinação contra a covid-19.

Sinal 5G chega a São Paulo

Nesta quinta-feira (4), São Paulo entrou para a lista de cidades brasileiras a receberem o sinal 5G, que estreou no país há um mês. A promessa é que o 5G torne a conexão com a internet mais rápida e de melhor qualidade, resolvendo problemas como imagens pixeladas, instabilidade em chamadas de vídeo e demora nos downloads.

Mas a chegada da tecnologia no Brasil não é tão simples assim. Como tudo o que envolve o 5G, há uma série de polêmicas envolvendo a cobertura, a qualidade da infraestrutura utilizada para implementar a tecnologia, entre outros pontos.

Neste texto aqui do GUIA DO ESTUDANTE, você confere alguns pontos sobre o 5G, desde a briga entre Estados Unidos e China até a implementação no Brasil.

 Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país. 

 

Continua após a publicidade

Publicidade