Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Inep corrige questões envolvendo racismo no Enem

Resposta anterior à correção envolvendo texto da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie gerou polêmica nas redes sociais

Por Luccas Diaz Atualizado em 28 jan 2021, 16h54 - Publicado em 28 jan 2021, 15h27

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) alterou o gabarito da primeira prova da versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na manhã desta quinta-feira (28). Entre as questões corrigidas, duas são da prova de Linguagens e Códigos. As respostas dadas anteriormente pelo gabarito oficial estavam causando polêmica nas redes sociais, por insinuarem posicionamento racista do exame.

Uma questão corrigida foi a de Inglês; envolvia o livro da autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie. A pergunta, que sucedia a leitura de um trecho do texto, envolvia um questionamento sobre a forma que mulheres negras usam seus cabelos. A resposta dada na terça-feira (27) alegava que a personagem, ao negar se submeter a tratamentos químicos alisadores, demonstrava “uma postura de imaturidade”. Com a correção, a resposta correta se tornou a alternativa que expressa que a ação da personagem revela “uma atitude de resistência.”

 

Questão de Inglês Corrigida Enem 2020
Inep/Reprodução

A segunda questão que teve sua resposta corrigida foi uma da parte de interpretação de texto. A questão refletia sobre o comportamento que certos softwares de mecanismos de busca têm com pessoas negras.  A perguntava invocava que tipo de relação com a tecnologia das informações poderia representar uma leitura de como a sociedade funciona. A resposta dada anteriormente afirmava que a relação era entre a tecnologia e o passar dos anos; a resposta corrigida afirma que a relação que traz uma leitura da sociedade funciona é entre a tecnologia e o preconceito.

Questão de Português Alterada Enem 2020
Inep/Reprodução

Até o momento da publicação desta reportagem, 5 respostas já haviam sido modificadas no gabarito oficial do Inep. Os candidatos ainda relatam divergências entre as provas das cores azul e branca, e afirmam que algumas questões, como uma de Química, continuam com a resposta errada. O gabarito completo está disponível na página do Inep e você pode acessá-lo clicando aqui.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

Continua após a publicidade
Publicidade