Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

MEC reunirá serviços em um único site a partir de 2020

O candidato poderá criar um único login e, por meio do mesmo site, acessar o Enem, Sisu e Prouni

Por Taís Ilhéu 31 jul 2019, 10h43

O ministro da educação Abraham Weintraub anunciou a migração digital do Ministério da Educação (MEC), em 2020, para um único portal na internet que reunirá 99 serviços oferecidos pela pasta. O portal ao qual o MEC será incorporado é o gov.br, que reunirá também todos os outros ministérios do governo federal.  

A ideia é que o estudante consiga, por meio de um único login, acessar diversos programas como o Sisu, Prouni, Encceja e outros. Hoje, cada um deles fica em sites separados e com acessos diferentes. Segundo o MEC, a economia gerada por essa mudança deve ser de R$ 6,5 milhões ao ano. 

O ministério ainda não divulgou a lista completa desses serviços que serão reunidos, mas adiantou que serão 48 serviços de educação superior, 47 da educação básica e 4 da educação profissional. 

Programas ligados à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE),  à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) farão parte desse portal. As inscrições para o Enem do ano que vem já devem acontecer com o login unificado. 

Continua após a publicidade
Publicidade