Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Pedido de reaplicação do Enem começa nesta segunda (25)

Solicitação é valida para candidatos que foram barrados na porta, contraíram covid-19 ou tiveram um problema de logística

Por Luccas Diaz Atualizado em 27 jan 2021, 14h32 - Publicado em 25 jan 2021, 00h01

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve seu segundo, e último, dia de aplicação no domingo (24). Em meio à pandemia da covid-19, a taxa de abstenção da edição 2020 foi recorde: 55,3% dos estudantes não compareceram ao segundo dia de exame. Dos 5,5 milhões de inscritos na versão impressa da prova, 2,4 milhões concluíram de fato a etapa.

Além da taxa de abstenção alta, outro problema marcou a realização da prova na pandemia. Alguns candidatos foram barrados na porta de entrada dos locais porque as salas haviam atingido a capacidade máxima permitida pelas normas de distanciamento. De acordo com a determinação da Justiça, esses candidatos entram para os grupos permitidos a solicitar a reaplicação, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Ficou confuso? Quer saber se tem direito à reaplicação? O GUIA explica o assunto em três tópicos.

Quem pode pedir a reaplicação?

Local de prova em São Paulo tem entrada movimentada no segunda prova do Enem.
Local de prova em São Paulo tem entrada movimentada no segunda dia de prova do Enem Alexandre de Melo/Guia do Estudante

Durante os dias 25 e 29 de janeiro, alguns candidatos poderão solicitar a reaplicação da prova do Enem pela Página do Participante. A reaplicação não é válida para aqueles que foram mal na prova e desejam tentar de novo, que foram eliminados, chegaram atrasados ou que não entraram no local de prova por falta de documentação. Podem pedir a nova prova:

  • Candidatos que foram barrados na entrada dos locais de aplicação por medidas de segurança. Os inscritos que foram impedidos de entrar para realizar a prova depois que as salas atingiram a capacidade segura máxima;
  • Candidatos que apresentaram sintomas da covid-19 nos dias anteriores à prova. Como foram instruídos a não comparecer nos dias de prova, terão direito à reaplicação. Quem já registrou a ocorrência na semana passada não precisa solicitar de novo. Ao ser confirmada a reaplicação para o candidato, ele tem direito aos dois dias de prova, e pode escolher de acordo com qual perdeu;
  • Candidatos que não conseguiram realizar a prova por problemas de logística. Aqueles que não fizeram a prova em um ou ambos os dias por motivos “supervenientes, peculiares, eventuais ou de força maior”. De acordo com o edital, são exemplos de problemas de logística da realização: “desastres naturais, falta de energia elétrica, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao inscrito que solicitou uso de leitor de tela ou erro de execução de procedimento de aplicação por parte do aplicador, que tenha, comprovadamente, causado prejuízo ao participante.”
  • Candidatos que contraíram doenças infectocontagiosas nos dias anteriores à prova. Além da covid-19, o Inep está considerando outras doenças infectocontagiosas para candidatos com direito a reaplicação; e o procedimento é o mesmo. São as doenças: Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela.

Aos grupos permitidos se juntarão os candidatos do estado do Amazonas, de dois municípios de Roraima e os inscritos que se enquadram na situação de Pessoas Privadas de Liberdade (PPL). A reaplicação acontecerá nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Como solicitar a reaplicação?

A solicitação deverá ser feita pela Página do Participante. Logo após fazer o login na plataforma, o candidato verá uma mensagem explicando as opções e os documentos necessários para enviar de forma digital.

Solicitação de reaplicação do Enem
Ao entrar na Página do Participante, o candidato poderá ver uma mensagem do robô Luís perguntando se há a necessidade de solicitar uma reaplicação. Inep/Reprodução

Em casos de candidatos que apresentaram sintomas de covid-19, por exemplo, será pedido um atestado legível que comprove a infecção. O registro será analisado pelo Inep e, se for deferido, será avisado também pela Página do Participante.

Como será a prova de reaplicação?

Várias provas do Enem
Pinterest/Reprodução

A prova para os candidatos da reaplicação não será a mesma aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro – nem será a mesma da versão digital, dos dias 31 e 7 de fevereiro. Será uma prova unicamente feita para a reaplicação, com tema de redação e questões próprias.

O padrão do exame, porém, é o mesmo: são 45 perguntas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias e uma redação no primeiro dia. O segundo dia é composto de 45 questões Ciências da Natureza e suas Tecnologias e 45 questões de Matemática e suas Tecnologias. Diferentemente das versões impressa tradicional e digital, a reaplicação do Enem será feita em dois dias seguidos.

Continua após a publicidade
Publicidade