Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Pesquisa aponta que a maioria das escolas rurais não tem acesso à internet

Dentre as urbanas quase todas têm acesso, mas o número de computadores em funcionamento ainda é pequeno

Por Taís Ilhéu Atualizado em 18 jul 2019, 17h52 - Publicado em 18 jul 2019, 13h46

Divulgada nesta semana, a pesquisa TIC Educação 2018 revelou que apenas 34% das escolas públicas rurais brasileiras possuem computadores com acesso à internet – 46% sequer tem computadores. A principal razão pela falta de acesso é a pouca infraestrutura da região, seguida do alto custo de conectividade. 

Já na área urbana, o cenário é mais positivo: 98% das escolas públicas, municipais ou estaduais, possuem acesso à internet. Ainda assim, o número de computadores em funcionamento não é muito promissor: a maior parte possui menos de 15 computadores com conexão. 

A pesquisa é publicada no mesmo mês em que o MEC anunciou a transição do Enem para o formato digital até o ano de 2026. A primeira experiência já começará no ano que vem, com a aplicação para 50 mil estudantes. O maior entrave para a implantação do formato, no entanto, é justamente a questão evidenciada pela pesquisa: a infraestrutura das escolas. 

Segundo o MEC, o novo formato permitiria que o Enem fosse aplicado em mais cidades e áreas mais remotas, mas por outro lado também afirmou que não tem a intenção de adquirir mais computadores para esse fim e que serão usados os já disponíveis nas escolas. 

A TIC Educação é realizada desde 2010 pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), que monitora a adoção das tecnologias de informação e comunicação (TIC) nas escolas. Os outros dados da pesquisa estão disponíveis no site do Cetic.br.

Continua após a publicidade
Publicidade