Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Comida mexicana vira ameaça de arma em colégio americano

Por Tânia Vinhas Atualizado em 24 fev 2017, 16h03 - Publicado em 13 set 2012, 13h03

Na quinta-feira passada a escola Marshall Junior High, de Clovis, Novo México, passou por maus bocados por conta de uma confusão meio…hum, ridícula. Uma ligação anônima fez a polícia baixar no local – havia a suspeita de que um aluno carregava um embrulho parecido com uma arma.

O procedimento foi padrão: ruas bloqueadas, portas trancadas, policiais cercando o prédio e franco-atiradores nos telhados. Mais de 30 pais de alunos apareceram assustados nos arredores. O drama só foi acabar duas horas depois, quando encontraram o item nas mãos de um menino constrangido da 8ª série. Era só um burrito.

Um burrito grande,  não vamos mentir – com mais de 75 centímetros de comprimento, dá até pra entender o susto. Mas o que parecia rifle era, na verdade, uma tortilla de farinha recheada com carne, guacamole, alface e pimenta que fazia parte de um trabalho escolar (criar um comercial para algum produto). “Nós tínhamos que inventar um produto e podia ser qualquer coisa”, contou o aluno. “Eu inventei um restaurante especializado em burritos estranhamente grandes”.

“Eu não sabia se ria ou se chorava”, disse a diretora Diana Russell. Acho que rir é melhor, né?

Continua após a publicidade
Publicidade