logo-ge

A gripe aviária já matou mais de 25 pessoas; conheça as pandemias que já assolaram o mundo e entenda como os vírus se espalham

Em março deste ano, foi identificado o vírus H7N9, causador de um novo tipo de gripe aviária que já infectou 127 pessoas na China e matou 27 (até a publicação deste texto). Especialistas têm dito que o vírus é uma ameaça à saúde mundial e a Organização Mundial da Saúde (OMS) o descreveu como “um dos mais letais” vírus de gripe, mas disse que, por enquanto, não há indícios de transmissão entre humanos (o que teria grandes chances de causar uma pandemia).

Para que isso ocorra, é necessário que o vírus sofra algumas mutações (quatro ou cinco, estimam estudos), mudando de um organismo que tem aves como hospedeiras para um que se espalhe facilmente pelo ar. Até agora, as pessoas que foram contaminadas tiveram contato direto com aves.

>>> Saiba mais sobre o vírus da AIDS e entenda como esses microrganismos agem nas células

Outra gripe que voltou ao noticiário por provocar algumas mortes é a provocada pelo vírus H1N1, também conhecida como gripe A ou “gripe suína” (que tem esse nome porque surgiu em criações de porcos e reúne genes de vírus que podem atingir suínos, aves e humanos). Mas os números não chegam nem perto dos de 2009, quando houve uma pandemia com cerca de  12 mil casos confirmados e quase 600 mortes só no estado de São Paulo.

Conheça um pouco sobre a história das pandemias e as doenças potencialmente perigosas, segundo a OMS, e revise alguns conceitos para o vestibular e Enem.


Imagem: Guia do Estudante – Atualidades 2010
A história de pandemias de gripe

Elas acontecem a uma razão de duas ou três a cada século. Conheça as principais:

1580
Surgida no verão daquele ano, uma gripe saiu da Ásia para a África e tomou a península europeia em seis meses, chegando até a América do Norte. Talvez tenha sido a primeira pandemia de gripe. Deixou um número incalculável de mortos – apenas em Roma, foram 8 mil, 10% da população da época.

1729
Na primavera russa, uma gripe seguiu para o oeste e, em meio ano, tomou toda a Europa. Durante três anos, a doença rodou pelo mundo, matando quase meio milhão de pessoas.

1781
Uma gripe de outono sai da China para a Rússia e, de lá, ganha a Europa em oito meses. Dois terços dos romanos e três quartos dos britânicos adoecem, e o vírus causa grandes surtos na Índia e nos Estados Unidos.

1830
Iniciada no inverno chinês, a pandemia espalhou-se para o Sudeste Asiático, cruzou a Rússia e a Europa, chegou às Américas no ano seguinte e retornou para a Europa em 1833, infectando de 20% a 25% da população.

 1889
Gripe russa

Uma nova pandemia surge em maio no sul da Rússia e espalha-se pela Europa. No começo de 1890, um barco a vapor da Alemanha leva a doença para Salvador, onde infecta metade dos soteropolitanos. No Rio de Janeiro, o vírus ainda atinge dom Pedro II, no finzinho da monarquia.

1918
Gripe espanhola (H1N1)

A mais grave das pandemias de gripe eclodiu no último ano da I Guerra Mundial (1914-1918), com um surto nos EUA. O movimento das tropas espalhou a doença pelo mundo, infectando 40% da humanidade em dois anos. Veja em mais detalhes na parte de baixo desta página.

 1932
O vírus da gripe é isolado em laboratório pela primeira vez.

1957
Gripe asiática (H2N2)

Os primeiros surtos ocorreram em fevereiro, no leste da China. Em três meses, a doença se espalhou pela região até a Oceania, e em oito meses a pandemia dava a volta ao mundo.

 1968
Gripe Hong Kong (H3N2)

O ano da contracultura, do assassinato de Robert Kennedy e do AI-5 também foi o ano do surgimento da última pandemia de gripe do século XX, que em seis meses saiu da China e chegou às Américas.

 1976
Gripe suína (H1N1) – o alerta falso

Em fevereiro, um soldado de uma tropa em Nova Jersey, nos EUA, morre infectado por um novo vírus de gripe. Temendo que fosse o início de uma nova gripe espanhola, o governo promove a vacinação de 40 milhões de pessoas. Efeitos colaterais da vacina matam 25 pessoas, enquanto a gripe matou apenas uma – o soldado.

2009
Gripe A (H1N1)

Dois meses depois de confirmados os primeiros surtos da gripe causada pelo novo vírus nos Estados Unidos e México, a doença é detectada em todos os continentes, e a Organização Mundial da Saúde (OMS) declara que ela é a primeira pandemia do século XXI.



Imagem: Guia do Estudante – Atualidades 2010 (Clique para ampliar)

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s