logo-ge

Dia Mundial do Meio Ambiente 2018 chama atenção para poluição com plástico

"A poluição por plástico está ameaçando nosso ecossistema, nossa biodiversidade e nossa saúde, em um ritmo e escala nunca vistos"

O dia 5 de junho é celebrado como o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi estabelecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 1972, e todo ano a organização escolhe um tema importante a ser discutido em associação a esse dia. O de 2018 é Beat Plastic Pollution, ou Combata a poluição plástica, um enorme desafio dos tempos atuais. 

“A poluição por plástico está ameaçando nosso ecossistema, nossa biodiversidade e nossa saúde, em um ritmo e escala nunca vistos”, declarou administrador do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Achim Steiner. 

“Talvez você não saiba o que são plásticos descartáveis, mas você provavelmente os utilizou recentemente quando tomou água em garrafa ou refrigerante, usou um canudo, carregou verduras em um saquinho de supermercado ou mexeu seu café”, completa ele.

Os dados divulgados pela ONU são assustadores:

  • 83% da nossa água da torneira contém partículas de plástico, e seus químicos tóxicos podem ser encontrados em nossa corrente sanguínea.
  • Em todo o mundo, 1 milhão de garrafas d’água feitas de plástico são compradas a cada minuto e até 5 trilhões de sacolas de plástico descartáveis são usadas por ano. 
  • O equivalente a uma imensa ilha de plástico, de três vezes o tamanho da França, flutua neste instante entre a Califórnia e o Havaí.
  • Uma sacola de plástico foi encontrada recentemente em uma profundidade de 36 mil pés na Fossa das Marianas – o local mais profundo dos oceanos, situado no Pacífico!
  • 50% dos plásticos consumidos no mundo são usados uma única vez.
  • Pelo menos 8 milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos a cada ano, afetando 600 espécies marinhas, das quais 15% estão ameaçadas de extinção.
  • Estima-se que, até 2050, 99% das aves marinhas terão ingerido plástico.

Você pode encontrar mais informações no site da campanha da ONU #MaresLimpos (Clean Seas) (http://cleanseas.org/), criada para mobilizar os setores da sociedade global no enfrentamento deste problema – que, se não for solucionado, poderá resultar em mais plástico do que peixes nos oceanos até 2050.

Como você pode ajudar

Depois de ter visto a magnitude do problema, você pode achar que se trata de algo distante demais do seu cotidiano. Mas ocorre o contrário: se cada pessoa firmar o compromisso de deixar de usar plásticos descartáveis, poderemos ter uma mudança substancial no planeta.

Como fazer isso? Parando de usar canudinhos e talheres de plástico, usando sua própria garrafa de vidro ou caneca para o trabalho, usando sacolas retornáveis para fazer compras e coisas do tipo.

Veja a mensagem do secretário-geral da ONU, António Guterres:

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s