logo-ge

Políticos catalães prestam depoimento à justiça espanhola

Veja os destaques do noticiário internacional da semana de 6/11 para quem vai prestar vestibular. Todas as informações são da Agência Brasil

Políticos catalães prestam depoimento à Justiça e ficarão em liberdade condicional

Protesto contra a prisão de líderes catalães

Protesto contra a prisão de líderes catalães no dia 5 de novembro em Madri, Espanha. (Pablo Blazquez Dominguez/Getty Images)

Os seis políticos catalães envolvidos na declaração unilateral de independência da região prestaram depoimentos na tarde desta quinta-feira (9) no Supremo Tribunal espanhol. A corte deve pedir medidas cautelares que podem ir desde a apreensão dos passaportes e pagamento de fiança à prisão dos envolvidos.

Na semana passada, outros oito membros do governo da Catalunha, que se negaram a prestar depoimentos perante a Audiência Nacional, foram presos pelos mesmos delitos. Os envolvidos no conflito independentista catalão são acusados de rebelião, insurreição, apropriação indevida de fundos públicos, entre outros crimes.

O ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, e os quatro ex-conselheiros do seu governo que foram para a Bélgica vão permanecer em liberdade, sob medidas cautelares. Eles compareceram no dia 5 de novembro diante de um juiz belga para prestar depoimento. A decisão da Justiça é de que eles vão permanecer em liberdade condicional e não poderão sair do país. Além disso, devem indicar um endereço de residência fixa e comparecer ao tribunal sempre que forem convocados.

Exército da Síria diz ter tomado último bastião do Estado Islâmico no país

O Comando-geral do Exército da Síria e seus aliados informaram nesta quinta-feira (9) que tomaram a cidade de Albu Kamal, o último bastião do Estado Islâmico (EI) em solo sírio, o que representa o fim do projeto do grupo radical na região. O Exército informou que agora ataca os derradeiros bolsões do EI no deserto do leste do país. A informação é da Reuters.

“A libertação de Albu Kamal é muito importante, porque sinaliza o colapso geral do projeto da organização terrorista Daesh (Estado Islâmico) na região”, disse o comunicado do Comando-geral.

Theresa May confirma saída do Reino Unido da UE para dia 29 de março de 2019

A primeira ministra britânica Theresa May. (Joe Giddens - WPA Pool/Getty Images)

A saída do Reino Unido da União Europeia (UE) ocorrerá às 23h do dia 29 de março de 2019, informou nesta sexta-feira (10) a primeira-ministra britânica, Theresa May. A data será incluída no projeto de lei sobre o brexit – a saída britânica do bloco europeu -, que será debatido na próxima semana no Parlamento e que, uma vez aprovado, autorizará o desligamento do país da UE.

Em artigo publicado hoje no jornal The Daily Telegraph, a primeira-ministra disse que a decisão de colocar o momento preciso do brexit tem como objetivo demonstrar a determinação do governo de completar esse processo.

UE tirará Farc da sua lista de organizações terroristas na próxima segunda-feira

Os ministros de Relações Exteriores da União Europeia (UE) pretendem eliminar as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) da sua lista de organizações terroristas na segunda-feira (13) durante um Conselho em Bruxelas, anteciparam nesta sexta-feira (10) à Agência EFE fontes comunitárias.

A decisão política estava tomada de antemão e na segunda-feira os ministros esperam ratificar esse consenso, segundo as fontes,  o Comitê de Embaixadores Permanentes da UE, os embaixadores dos 28 países-membros, já remeteram os atos jurídicos correspondentes para que sejam respaldados pelos ministros.

Colômbia faz apreensão recorde de mais de 13 toneladas de cocaína

A polícia colombiana atualizou nesta quinta-feira (9) a quantidade de cocaína apreendida no departamento de Antioquia, pertencente ao cartel Clã do Golfo, o maior grupo criminoso do país. “Finalmente, foram apreendidas 13 toneladas e 398 quilos da droga. Essa foi a contagem final”, disse à Radio Caracol o diretor da polícia colombiana, o general Jorge Hernando Nieto. O anúncio da maior apreensão da droga na história do país foi feito pelo presidente colombiano Juan Manuel Santos. A informação é da EFE.

O presidente foi para o departamento de Antioquia para conhecer de perto os resultados da Operação Agamemnon II, contra o tráfico de drogas. Segundo ele, o valor da apreensão é estimado em US$ 360 milhões, ao preço de mercados da droga nos Esatados Unidos.

“Graças a uma operação da nossa Polícia, com a colaboração da inteligência do exterior, de países amigos, foi feita a maior apreensão da história. Nunca antes, desde que começamos há mais de 40 anos a luta contra o tráfico de drogas, fizemos uma apreensão desta magnitude, mais de 12 toneladas de cocaína “, anunciou Juan Manuel Santos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s