logo-ge

Resumo Atualidades: A era da pós-verdade

A divulgação de notícias falsas para manipular a opinião pública e reforçar crenças pessoais se disseminou com a ajuda da internet e das redes sociais

Em uma época em que as crenças importam mais do que a realidade, a disseminação de notícias falsas ganha terreno, impulsionada pela internet e pela polarização política.

O tema esquentou desde o ano passado e tem grandes chances de cair no vestibular!

Neste resumo sobre a pós-verdade, vire os cards abaixo para obter as respostas:

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. VERDE e AMARELO

    AS FAKES NEWS são táticas da esquerda para tentar desqualificar denuncias verdadeiras, TRUMP é um herói que está salvando pelo menos seu país da ditadura que vemos na Venezuela e que está jé implantada no Brasil, travestida de democracia: 1- Uma elite de sociopatas e megalomaníacos – que costuma agir nas sombras – está tentando obter o máximo de poder possível (talvez tenha sido sempre assim);
    2- Essa elite perversa controla, entre outras coisas, a ONU, a UE, o mercado financeiro, o establishment político e quase toda grande mídia;
    3- Eles não tem a menor intenção de dividir esse poder com o povo. Eles tentam controlar o povo como gado, um rebanho a ser conduzido. Eles não tem o menor interesse na nossa liberdade ou felicidade;
    4- Tudo que mídia e centros acadêmicos recomendam para o povo ( desarmamento, aborto, drogas, ideologia de gênero, casamento gay, acolhimento de refugiados, libertinagem, etc) as famílias poderosas não aceitam no seu meio; muito pelo contrário. A força dessas famílias está justamente no patriarcado e nas práticas conservadoras.
    5- O núcleo dessa elite são as dinastias e familias mais antigas e poderosas, como Rockfeller e Rotchschild, por exemplo. Mas grandes corporações também participam. Geroge Soros é um dos agentes mais conhecidos;
    6- Eles querem (pra variar) um governo mundial, que é justamente a distopia totalitária tão temida por tanto escritores. Eles planejam um mundo sem fronteiras controlado por um elite burocrática que não foi eleita por ninguém, a exemplo do que ocorre na UE;
    7- Existem outros projetos de dominação global, como por exemplo o Califado Global e o projeto Russo-chinês. Muitas vezes eles cooperam e colidem entre si numa dinâmica difícil de mapear.
    8- Essa elite ODEIA qualquer um que atrapalhe esse plano, e hoje eles tem três pedras no sapato: Trump, Brexit e Le Pen.

    Curtir