Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês
Dicas de estudo Por Blog As melhores dicas, técnicas de estudo, concentração e raciocínio para quem vai prestar o vestibular

5 dicas de como estudar para o vestibular com o Instagram

Na rede social, estudantes se reúnem para trocar experiências e encontrar motivação

Por Carolina Vellei Atualizado em 11 out 2019, 22h45 - Publicado em 16 jan 2018, 18h28

O Instagram é uma rede social repleta de perfis de estudantes em fase de vestibular. Lá é possível encontrar mensagens de motivação, conhecer histórias de quem também estuda ou de quem já passou na prova, ver dicas de estudo, rotinas de outros estudantes e muitas outras informações. A comunidade de estudantes com esse tipo de perfil é tão grande que tem até nome específico: “studygram” (nome em inglês, mas que já ganhou tradução em português: “estudogram”).

Para encontrar os melhores perfis e postagens na rede social, além de conseguir manter o foco e extrair dela apenas o que é útil para você, separamos algumas dicas:

1) Cuidado com o excesso

Essa é a primeira dica porque temos aqui uma linha tênue entre “o que pode ajudar você a passar” e “o que pode atrapalhar a sua rotina completamente”. Durante o período de vestibular, é preciso ter disciplina até para usar uma rede social. O Instagram é um local com muitas informações úteis, mas também não dá para passar o dia todo no celular. Reserve um período do dia e use-o por apenas alguns minutos para não correr o risco de se viciar (leia mais).

2) Crie ou não um perfil

Para aproveitar a rede social, você pode participar dela ativamente, postando fotos dos seus estudos e montando o seu próprio “studygram”. Alguns estudantes preferem criar as contas para compartilhar suas rotinas e se manterem motivados. No entanto, também dá para aproveitar os conteúdos apenas com o seu perfil pessoal. Só que aí fica mais difícil separar o que aparece na sua timeline se você também estiver seguindo familiares, amigos ou famosos. A recomendação, portanto, é criar um perfil separado, mesmo que você não poste nada nele, apenas para seguir contas exclusivamente voltadas para o vestibular e estudos.

3) Siga hashtags

Com as últimas atualizações do aplicativo, ficou mais fácil acompanhar assuntos que são do seu interesse por meio das hashtags (#). Ao clicar em uma hashtag ou ao fazer a busca por algum termo no Instagram, aparece a opção “seguir” e aí é só clicar para começar a receber postagem sobre o assunto em sua timeline. Também é possível encontrá-las quando você vai ao seu perfil e clica em “seguindo”. Ao lado de “pessoas” aparecerá a opção “hashtags”. Algumas sugestões para seguir: #vestibular, #enem, #resumos, #studygrambr, #estudar, #foconosestudos, #estudogram, #rotinadeestudo, #estudaquepassa, #estudaqueavidamuda, #estudando, #estudos, #sisu, #fies, #prouni.

4) Salve posts e crie coleções

Para estudar no mundo offline, sabemos que organização é essencial. No mundo online, isso também é muito importante. O Instagram dá a possibilidade de salvar postagens individuais (basta clicar no símbolo da bandeirinha do lado inferior direito das imagens) e criar coleções (para criar as suas, confira as instruções do Instagram). A sugestão é criar coleções temáticas: organização, métodos de estudo, português, matemática, macetes etc. Depois, basta ir no seu perfil e clicar no mesmo símbolo da bandeirinha, dessa vez no canto superior direito da tela. Lá estarão todas as suas imagens salvas, que você poderá usar para estudar mais tarde.

Continua após a publicidade

5) Atenção ao risco de focar só em papelaria

A última dica é talvez uma das mais importantes! Muitos perfis focam no compartilhamento de imagens de canetas coloridas, coleções de materiais escolares fofos e outros itens de papelaria (costumam usar inclusive sorteio desses itens para atrair mais seguidores). Também existem contas que compartilham dicas de como escrever títulos com letras bonitas e desenhadas. Quem gosta de papelaria sabe (eu me incluo nessa!): é muito difícil não ficar babando por materiais incríveis e por fichas-resumo super caprichadas. O problema disso é que existe o risco de você começar a achar que se não tiver tal caneta ou tal caderno, não vai conseguir estudar tão bem assim. Entenda: para estudar você precisa basicamente de duas coisas: do seu cérebro e da sua disposição. Não se iluda e não se fruste se você não tem grana para comprar um milhão de canetas. O importante é o vestibular, lembra?

Depois dessas dicas, claro que o primeiro perfil que você precisa seguir é o do @guiadoestudante, né? Segue a gente por lá!

View this post on Instagram

Ainda dá tempo de fortalecer a memória para chegar bombando na segunda fase 😉 #estudos #dicadeestudo #memorização

A post shared by Guia do Estudante (@guiadoestudante) on

 

Continua após a publicidade
Publicidade