Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês
Dicas de estudo Por Blog As melhores dicas, técnicas de estudo, concentração e raciocínio para quem vai prestar o vestibular

8 dicas para ir bem na prova de inglês do Enem

Por Ana Lourenço Atualizado em 24 fev 2017, 15h08 - Publicado em 20 jun 2016, 11h03

Você já sabe que, para a prova do Enem, não basta só saber o conteúdo, é preciso praticar também interpretação de texto e demonstrar repertório de conhecimento. Com isso em mente, saiba que na prova de inglês o raciocínio é o mesmo: é preciso aprender o idioma, mas também levar em conta a análise da prova e das questões e como a língua é cobrada. Veja abaixo 9 orientações que separamos para você não errar nessa parte. 😉

*Formulado por Francisco Vasquez, professor de inglês da Escola Dínamis

Multiethnic Group of Children and English Concept
Imagem: iStock

>> 6 aplicativos para aprender idiomas

1. Invista no seu repertório cultural, de atualidades e conhecimentos gerais. Estar bem informado sobre assuntos atuais pode ser um diferencial, visto que muitas questões abordam temas contemporâneos;

2. Atenção ao tipo de texto que a questão apresenta: cartoon, artigo jornalístico, letra de música, anúncio. Note também a fonte bibliográfica que informa a origem;

>> Como não errar o básico na prova de espanhol

Continua após a publicidade

3. Repare como o texto se estrutura: há imagens relacionadas? Qual o título e subtítulo, se houver?

4. Durante a leitura da questão, procure identificar a ideia central do texto, isto é, o que ele pretende: argumentar, anunciar, entreter, protestar, entre outros;

5. Atenção para os topic sentences, as primeiras orações dos parágrafos, pois eles geralmente introduzem ou resumem o que é dito de forma mais desenvolvida ao longo dos parágrafos;

>> Dicas para aprender um novo idioma rapidamente

6. Vá preparado para se deparar com expressões novas ou desconhecidas. É preciso estar treinado para conseguir entender o texto a partir do contexto geral, mesmo que não saiba exatamente o que aquela palavra significa;

7. Palavras cognatas ou falsos cognatos (também conhecidos como false friends) são aquelas que parecem significar uma coisa, pela similaridade com outras em português, mas na verdade têm definição bem diferente. Veja exemplos:

sensible: sensato (e não “sensível”)
actually: na verdade (e não “atualmente”)
pretend: fingir (e não “pretender”)
policy: política (e não “polícia”)
library: biblioteca (e não”livraria”)

8. Referência pronominal é um ponto gramatical explorado com frequência no Enem. Conhecimento de pronomes pessoais, relativos, possessivos, demonstrativos é fundamental para uma boa prova.

Continua após a publicidade
Publicidade