Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês
Dúvidas de português Por Blog Viagem ou viajem? Haver ou a ver? Tire suas dúvidas de português aqui!

“A distância” sem crase ou “À distância” com crase?

Essa expressão gera desacordo até entre gramáticos

Por Taís Ilhéu Atualizado em 14 abr 2020, 16h52 - Publicado em 20 set 2019, 20h30

O correto é dizer “ensino a distância” ou “ensino à distância”? Se você ficou em dúvida, saiba que não está sozinho, diversos gramáticos estão nessa com você! Isso mesmo, o uso da crase na expressão é tão polêmico que gera desacordo mesmo entre os estudiosos da língua portuguesa. 

Em linhas gerais, os gramáticos menos tradicionais defendem o uso da crase todas as vezes que a expressão aparece, justamente para evitar ambiguidades na interpretação. Para eles, portanto, seria mais aconselhável escrever “ensino à distância”. 

Por outro lado, os gramáticos clássicos afirmam que nem sempre (como neste caso do ensino) a palavra “distância” vem acompanhada do artigo “a”, e o “a” que aparece é apenas a preposição. Sendo assim, não ocorreria a crase, que é a junção dessas duas letras marcada pelo acento grave (`). Para eles, a regra é utilizar a crase na expressão apenas quando a distância é evidenciada, como nos exemplos:

  • O shopping ficava à distância de 500 metros do escritório.
  • Este apartamento é mais valorizado por se encontrar à distância de apenas 100 metros da estação de metrô. 

Vale destacar também que na locução prepositiva “à distância de” o uso da crase é unânime, assim como em outras locuções como “à moda de”, “à maneira de” etc.

  • Mantenha-se à distância deste tipo de situação!

Por fim, resta concluir que nos casos em que as distâncias não estão explícitas e não se trata da locução prepositiva, o uso da crase é facultativo. Cabe a você decidir se prefere ou não usá-la. 

Continua após a publicidade
Publicidade