Clique e assine GE Play por R$16,90
Dúvidas de português Por Blog Viagem ou viajem? Haver ou a ver? Tire suas dúvidas de português aqui!

Entorno ou em torno?

As duas existem e podem ser usadas em até quatro casos diferentes

Por Taís Ilhéu - 19 jun 2019, 16h23

Tanto “entorno” quanto “em torno” existem e, pasmem, cada um pode ter até duas aplicações diferentes! Mas atenção, eles não são sinônimos e, portanto, devem ser usados em casos diferentes. Vamos por partes.

Nos casos em que é mais confundido com seu homófono, “em torno” aparece como uma locução prepositiva e indica algo que fica “a volta de” ou “ao redor de”. Pode significar também “cerca de” ou “por volta de” Note nos exemplos:

Naquela noite, todos se reuniram em torno da mesa.

A conta ficou em torno de cem reais.

Já “entorno” quase sempre se aplica aos casos em que aparece como substantivo, significando “espaço circundante”.

Continua após a publicidade

O entorno da igreja, tombada como patrimônio histórico, era protegido por lei.

Outras aplicações

Como falamos antes, tanto “em torno” quanto “entorno” podem aparecer com outras funções em uma frase. No caso da primeira expressão, ela surge como uma locução adverbial de lugar, sinônimo de “em volta”. Por exemplo:

Chegando no salão, ela olhou em torno mas não viu nenhum de seus amigos.

Já a segunda aplicação de “entorno”, quando o segundo “o” da palavra é pronunciado de forma aberta (ó) é mais específica e, convenhamos, pouco usada no dia a dia. Trata-se do verbo “entornar”, conjugado na primeira pessoa do singular no presente do indicativo.

Sou muito desastrada! Quase todos os dias entorno o leite de manhã quando vou me servir.

Continua após a publicidade
Publicidade