logo-ge

Bienal Internacional do Livro de São Paulo começa nesta sexta (22)

14999030581_e3b7c3b44e_z
Imagem: Divulgação

O fim de semana vai ser animado para quem mora em São Paulo e curte livros: começou nesta sexta-feira (22) a 23ª Bienal Internacional do Livro. O evento, que acontece até o dia 31 de agosto (domingo) no pavilhão de Exposições do Anhembi, reúne as principais editoras, livrarias e distribuidoras do país.

São centenas de estandes nos quais você vai poder comprar os livros que estava querendo há tempos (e fique de olho porque rolam descontos em alguns deles!), descobrir obras e autores novos e até trocar uma ideia com alguns escritores. Isso sem contar os debates, palestras, peças, filmes e shows, entre outras atrações.

A entrada custa 14 reais de sexta a domingo e 12 reais de segunda a quinta. Estudantes pagam metade.

Veja alguns destaques da programação para o fim de semana e baixe o guia completo aqui.

 

Sábado

OS MISTÉRIOS DA FICÇÃO POLICIAL

10h30 – 11h30 – Arena Cultural

O escritor americano Harlan Coben, considerado um dos maiores mestres dos livros de mistério, fala sobre o sucesso mundial desse tipo de romance. Suas obras já foram traduzidas para 41 idiomas e seu romance “Não Conte a Ninguém” foi transformado em filme estrelado por Kristin Scott Thomas e François Cluzet. Não será necessária a retirada de senhas para o bate papo, mas será preciso para a sessão de autógrafos que começa em seguida, às 11h30. Isso pode ser feito a partir das 8h do dia do evento

UNIVERSO FANTÁSTICO DA LEITURA

14h – 15h30 – Arena Cultural 

Cassandra Clare, autora da série “Os Instrumentos Mortais”, é a mais famosa escritora de fanfics de Harry Potter. Na Bienal, ela vai conversar com os fãs sobre sua carreira, o que a inspirou a escrever e sobre o universo fantástico que podemos descobrir ao abrir um livro. Não será necessária a retirada de senhas para o bate papo, mas é necessário para a sessão de autógrafos que será realizada em seguida, às 15h30. Isso pode ser feito a partir das 10h do dia do evento. Ocorrerá uma segunda sessão de bate-papo e autógrafos no domingo, no mesmo horário.

 

OS SERMÕES DE PADRE ANTÔNIO VIEIRA, QUATRO SÉCULOS DEPOIS

18h – 20h – Salão de Ideias

A arte dos sermões do padre Antônio Vieira (1608-1697) é tema de uma conversa entre João Adolfo Hansen – professor de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo e um dos grandes estudiosos da obra do jesuíta no país – e o jornalista e editor Flávio Moura. O objetivo da mesa é apresentar as principais características literárias de Vieira e destacar as suas ideias, bem como a sua influência na própria literatura brasileira. Retire seu ingresso gratuito 30 minutos antes do debate, na bilheteria do Salão de Ideias.

 

Domingo

SARAU 70 ANOS DE PAULO LEMINSKI

602820

20h – 20h50 – Anfiteatro

Sarau em homenagem ao poeta curitibano Paulo Leminski (1944-1989), na data em que ele completaria seus 70 anos. Os atores Elias Andreato, Ana Cecília Costa e Leonardo Miggiorin fazem leituras dos poemas de Leminski, reunidos na coletânea “Toda Poesia”, e o músico Carlos Careqa apresenta algumas músicas cujas letras foram escritas pelo poeta. Distribuição de ingressos 30 minutos antes do espetáculo na bilheteria do Anfiteatro.

 

PAPO DE GAROTAS

11h – 12h30 Arena Cultural 

Conversa com as jovens escritoras Paula Pimenta e Bruna Vieira. Paula é autora das séries “Fazendo Meu Filme” e “Minha Vida Fora de Série”. E Bruna publicou “Depois dos Quinze”, “De Volta aos Quinze” e “A Menina Que Colecionava Borboletas”. Elas vão falar sobre processo criativo, inspiração e a importância do livro e da leitura entre jovens. Não é necessário pegar senha.

 

NARRATIVAS DE ASSALTO: O UNIVERSAL NO NOVO GÊNERO POLICIAL

14h – 15h30 – Salão de Ideias

Com a presença do argentino Pablo De Santis, autor de “La sexta lâmpara”, livro incluído entre os 100 melhores publicados na Argentina nos últimos 25 anos, e do brasileiro Raphael Montes, autor de “Suicida” e “Dias Perfeitos”, considerado por Scott Turow “um dos mais brilhantes ficcionistas jovens da atualidade”, a proposta da mesa é discutir a universalidade deste gênero literário. Retire seu ingresso gratuito 30 minutos antes do debate, na bilheteria do Salão de Ideias.

 

QUASE ROMANCE, QUASE MEMÓRIA

16h – 17h30 – Salão de Ideias

Quais os limites entre a ficção e a memória? Para falar sobre essa fronteira entre o vivido e o inventado, esta mesa reúne os escritores e jornalistas Carlos Heitor Cony, autor do romance “Quase Memória”, Heloisa Seixas, autora de mais de dez livros, entre eles “A porta” e “Pérola absoluta”, e Ruy Castro, autor de importantes biografias, como a de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues. Retire seu ingresso gratuito 30 minutos antes do debate, na bilheteria do Salão de Ideias.

 

Serviço

23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo

De 22 a 31 de Agosto de 2014
Pavilhão de Exposições do Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana – CEP 02012-021 São Paulo – SP
Embarque/Desembarque – Rua Marechal Odylio Dennys, oposto ao nº 70.

Horário de Visitação:
Segunda à sexta-feira, das 9h às 22h (com entrada até as 21h)
Sábados e domingos, das 10h às 22h (com entrada até as 21h)
Dia 31 de agosto, das 10h às 21h (com entrada até as 19h)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s