logo-ge

No Dia do Leitor, veja 5 dicas de livros para você ler em 2015

matilda-reading

Hoje é dia 7 de janeiro, o que significa que, além de ser uma quarta-feira, é o Dia do Leitor no Brasil. Aqui na redação somos todos apaixonados por livros, e é claro que não podíamos deixar essa data passar em branco. 😛

Se você também ama ler, sabe bem o prazer que é folhear um livro novo, passar algumas horas em uma livraria ou em um sebo (e rezando para dar para comprar todos aqueles livros que você escolheu!), ou mesmo reler algumas partes dos seus favoritos. Afinal, dá para “viajar” a qualquer lugar se você escolher o livro certo para o momento, esteja você feliz, triste, ansioso ou só precisando se distrair um pouco. Ler é tudo de bom!

Como 2015 já começou, os fanáticos por leitura provavelmente estão montando sua listinha para o ano. Se você estiver precisando de uma mãozinha para escolher, a redação do GUIA separou cinco sugestões que atendem a todos os gostos. Gosta de drama, diversão, comédia, romance ou suspense? Aqui tem para todo mundo!

Separe um papel e caneta e anote nossas dicas:

livros_diadoleitor

1. Assassinato no Expresso do Oriente, de Agatha Christie

É claro que não podia faltar a Rainha do Crime! Agatha Christie é a responsável por fazer muita gente gostar de ler. Seus livros, cheios de suspense, são curtos, viciantes e é impossível largar antes de ler tudo. Os finais são sempre surpreendentes e te fazem querer ir correndo atrás do próximo. Se você nunca leu nenhum livro dela, pode ir atrás do que indicamos: Assassinato no Expresso do Oriente, talvez o mais famoso de toda a sua obra.

A história se passa em uma viagem do luxuoso trem Expresso do Oriente. Em uma noite, a passagem do trem é bloqueada por uma nevasca, obrigando todos a aguardar por uma noite. Na manhã seguinte, descobre-se que um dos passageiros foi morto, com indícios que apontam que o assassino está no trem. A partir de então, todos se tornam suspeitos do crime.

Se você já tiver lido, lembre-se: a autora tem mais de 80 livros publicados, ou seja, suprimento quase interminável de leitura!

2. 1984, de George Orwell

Se você sempre está procurando por sugestões de livros, já deve ter dado de cara com 1984 em alguma lista de “livros para ler antes de morrer” ou “melhores livros de todos os tempos”. Muitos o conhecem mais pelo personagem “Big Brother”, que inspirou o nome do reality show. Mas o que será que tem de tão bom nesse livro para sempre figurar nas listas de obras memoráveis?

O livro é distópico, ou seja, aborda uma sociedade futura mergulhada em um governo totalitário, sob condições terríveis de vivência. Apesar de a escrita ser simples, o livro tem uma profundidade que até hoje inquieta quem lê, e por isso influenciou muito a cultura popular que veio depois. O retrato da sociedade feito por George Orwell é uma reflexão sobre a nossa própria sociedade, o poder e a política, e pode mudar o modo com que você olha para o mundo. Portanto, se está procurando por um romance denso e filosófico, o alvo é certo!

3. O menino do pijama listrado, de John Boyne

Alerta para livro muito emocionante! Se você precisa de uma leitura mais dramática, aposte em O menino do pijama listrado. Ele conta a história de um menino alemão, na década de 1940, que não faz ideia de que seu país está na Segunda Guerra Mundial. Um dia, ele e sua família se mudam para uma casa nova, no interior, onde ele descobre um local cercado, repleto de pessoas vestindo o que parecem ser pijamas. Através da cerca, ele conhece outro menino, que se torna seu amigo e o faz refletir sobre o que realmente está acontecendo ali.

Já dá para imaginar que tipo de história temos aqui, certo? O livro vale a pena, tanto por sua simplicidade quanto pela delicadeza da inocência das crianças em um momento tão terrível quanto o Holocausto.

4. Travessuras da menina má, de Mario Vargas Llosa

Já que estamos indicando apenas livros pelos quais é quase impossível não se apaixonar, é hora de puxarmos um pouco para o lado dos nossos hermanos latinoamericanos. Já ouviu falar do escritor peruano Mario Vargas Llosa? É um dos autores com obra mais bem reconhecida da América do Sul, e já ganhou até um Nobel de Literatura, em 2010.

Nossa sugestão para começar a curti-lo é o livro Travessuras da menina má, que tem um quê de autobiográfico. Na história, conhecemos a vida de Ricardo, um homem pacato que sonha em morar em Paris, e sua paixão, a Menina Má, que troca de nome toda vez que se muda de cidade. Aventureira, a moça some e aparece da vida de Ricardo a cada poucos anos, cada vez em um lugar diferente: Paris, Londres, Tóquio e Madri. O romance dos dois, aos altos e baixos, vai se desenrolando de maneira divertida, engraçada, mas com o devido toque de dramaticidade.

5. Orgulho e preconceito, de Jane Austen

Para fechar com chave de ouro, um dos maiores clássicos dessa lista: Orgulho e preconceito. O romance ícone de Jane Austen continua sendo o preferido dos ingleses, mais de 200 anos depois de sua publicação. O enredo não é misterioso, nem muito dramático, mas ainda assim tem um encanto que poucos autores sabem criar. O livro desenvolve a história de Elizabeth Bennet, uma moça inteligente e impetuosa que se envolve com o sr. Darcy, um homem rico e arrogante que se apaixona por ela. Os dois têm uma relação tensa e complicada, entre desdém, conflitos e, por fim, a descoberta do amor.

No entanto, a magia do livro vai além do romance do casal. Orgulho e preconceito é, antes de tudo, uma obra quase satírica, em que Jane Austen critica, com muito humor, a sociedade da época (fim do século 18 e início do século 19). Além disso, a protagonista Elizabeth é uma das personagens mais interessantes da literatura. É uma mulher forte, determinada e esperta, que não cai de amores assim que conhece seu pretendente, e sabe reconhecer muito bem o mundo em que vive. Por isso, se a sua praia não é bem o tipo de história mais água com açúcar, não se deixe enganar pelo fato de a história estar centrada em um casal. O livro é apaixonante, e eu diria que é praticamente impossível lê-lo e não gostar (muito). Boa leitura! 😉

rorygilmore-livros

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.