logo-ge

Saiba mais sobre o curso de Agronomia da UFV

­­

(Imagem: Thinkstock)

O curso de Agronomia da Universidade Federal de Viçosa (UFV) é um dos mais tradicionais da instituição mineira – inicialmente criada para abrigar graduações no campo das ciências agrárias. Se uma vida fora da correria das grandes cidades e o contato com a natureza estão entre seus planos para o futuro, caro leitor, você pode se interessar por Agronomia. O agrônomo é responsável por desenvolver atividades e tecnologias que aprimorem desde o cultivo de solos e a criação de rebanhos, até a comercialização de alimentos de origem vegetal ou animal.

Na UFV, a graduação é oferecida em dois campi no interior de Minas Gerais: o de Viçosa, que recebe anualmente 210 novos alunos, e o de Rio Paranaíba, com entrada de 40 estudantes por ano. A principal diferença entre os dois está no enfoque dos estudos, já que o campus de Viçosa está situado na zona da mata mineira, área de pequenas e médias propriedades agrícolas, e o de Rio Paranaíba se localiza no triângulo mineiro, local de grande potencial produtivo. “Nós temos mais contato com os pequenos produtores, mas estudamos também as novas tecnologias presentes no mercado. Já em Rio Paranaíba, os alunos têm mais facilidade para entrar em contato com técnicas, porque podem estagiar nas grandes propriedades da região. Mas em ambos os campi os estudantes têm o panorama do agronegócio, tanto para o pequeno, médio e grande produtor rural”, explica Matheus Caetano, aluno do sexto período em Viçosa.

Durante o curso oferecido em período integral, os alunos passam por disciplinas iniciais de áreas como Biologia, Cálculo, Química e Física e depois se aprofundam em estudos sobre o solo, mecanização de lavouras, presença de insetos, plantas daninhas, controle de doenças, irrigação, manejo de culturas, construções rurais, entre outros temas. Matheus conta que a maioria dos profissionais formados pela UFV ingressa na carreira acadêmica como pesquisador ou passa a trabalhar em empresas que atuam nas grandes áreas produtoras do Brasil, principalmente em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

“O Brasil é uma grande potência agrícola e faltam profissionais qualificados para explorar ainda mais este potencial. O curso é uma ótima opção se a pessoa gosta de lidar com situações diferentes ou inusitadas diariamente, já que nós, agrônomos, lidamos com seres vivos que nos impõem desafios diários e temos que descobrir meios de produzir cada vez mais provocando o menor impacto possível”, reforça Matheus.

A formação em um curso técnico em Meio Ambiente foi decisiva para que Geilson Junior, aluno do segundo semestre em Viçosa, decidisse por Agronomia. O estudante conta que sempre esteve em contato com o campo e com o meio rural porque seu pai é agricultor e pecuarista. “Gosto muito de coisas práticas, colocar a mão na massa, sentir a terra, visitar fazendas e no final da tarde chegar em casa com a botina toda suja de barro. Prefiro sair a campo, do que ficar dentro de uma sala”, conta.

Você deve estar se perguntando se a área de atuação do agrônomo está restrita só ao meio rural, não é mesmo? Ainda que a maioria de suas funções esteja relacionada a atividades no campo, o agrônomo também pode trabalhar em grandes cidades. O profissional pode realizar, por exemplo, o controle de qualidade em indústrias de fertilizantes e o processamento de produtos agrícolas na sede de empresas do agronegócio. Além disso, como o Brasil é um dos maiores produtores de commodities do mundo, o agrônomo também é responsável por negociar o preço desses produtos – milho, algodão e soja são alguns exemplos – no mercado de capitais.

Apesar de se interessar bastante pelas atividades de campo, Geilson afirma que não quer trabalhar somente no meio rural. “O ambiente empresarial também é algo que me instiga muito, poder gerir e liderar pessoas é algo que me atrai. Assim, creio e espero que meu futuro seja em algo que eu possa conciliar esses dois aspectos. Quero ter uma empresa ou trabalhar em algo em que eu possa empreender e também ter contato com o campo”.

Vida de estudante

Os estudantes lembram que a graduação da UFV é bastante interdisciplinar, com enfoque em pesquisa científica, mas também com atividades práticas de extensão rural. Nelas, os alunos entram em contato com produtores rurais para transmitir técnicas de cultivo aprendidas em sala de aula. Já a empresa júnior do curso, AgroPlan-UFV, pode ser uma boa maneira de se aprender técnicas de gerenciamento e empreendedorismo rural. “Além desenvolver a parte prática e prestar consultorias nesse ramo, que é fazer de fato o que um agrônomo faz, a atividade na empresa nos dá oportunidade de vivenciar algo que a graduação não nos permite: o aprendizado por gestão e a cultura empreendedora. Lidamos com pessoas, gerindo-as, e com clientes, ao desenvolvermos serviços na área agrária”, diz Geilson.

A recepção dos calouros também é bastante animada no curso de Agronomia. Por Viçosa ser uma cidade universitária, veteranos e calouros estarão em contato a todo momento, como explica Matheus. “Aqui nós temos um espirito muito colaborativo em que os mais velhos auxiliam os mais novos no curso. A empresa júnior e o centro acadêmico desenvolvem uma série de atividades de boas-vindas e de integração com os calouros. Não recomendo ficar de fora, já que nesses eventos fazemos os amigos que iremos levar para o resto da graduação”. Geilson completa: “Não é difícil se entrosar com os veteranos, visto que há na cidade, principalmente no inicio do período, muitas festas realizadas justamente para esse intuito, como as calouradas e integrações em republicas tradicionais de Viçosa”.

SAIBA MAIS

– VÍDEO: O que faz o agrônomo? Um profissional conta para você

– Tudo sobre a carreira em Agronomia

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s