logo-ge

Saiba mais sobre o curso de Psicopedagogia e veja quais faculdades o oferecem

 

Crianças com dislexia podem ser auxiliadas por psicopedagogos (Créditos: Morgue File)

Crianças com dislexia podem ser auxiliadas por psicopedagogos (Créditos: Morgue File)

O nome é complicado, mas não tem muito mistério. O curso de Psicopedagogia investiga processos de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos. Os estudantes são capacitados a identificar as dificuldades e transtornos que interferem na assimilação de conteúdos, sejam eles escolares ou não.

>> Veja outras informações na página especial do curso no GUIA DO ESTUDANTE 

O curso, com duração de quatro anos, tem duas ênfases: psicopedagogia clínica — área em que o profissional atua em consultório sozinho ou em clínicas com equipes multidisciplinares — e psicopedagogia institucional — área em que o psicopedagogo trabalha com outros profissionais em escolas, ONGs, hospitais e consultórios.

Independentemente da ênfase escolhida, você precisa ter consciência de que é um curso interdisciplinar, composto de matérias teóricas, como: psicologia do desenvolvimento humano, e exercícios práticos, como: diagnóstico e intervenção. O estágio, no semestres finais da graduação, é obrigatório.

E depois da faculdade? O psicopedagogo pode atuar em vários lugares. Tradicionalmente, os postos de trabalho estão em escolas, hospitais e clínicas de psicologia. Porém, há chances em empresas, no treinamento de funcionários. Por fim, se preferir, você pode trabalhar em equipes multidisciplinares nas varas de família e infância.

Ficou interessado? Poucas faculdades oferecem a carreira: apenas a Universidade Fundação Instituto de Ensino para Osasco (UNIFIEO), cujo curso recebeu quatro estrelas na avaliação do Guia do Estudante, e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), sem avaliação.

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.