Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês
Por dentro das profissões Por Blog Informações sobre profissões e carreiras para te ajudar a escolher aquela que tem mais a ver com você

Confira 5 cursos relacionados à água

Por Lisandra Matias Atualizado em 24 fev 2017, 15h11 - Publicado em 24 mar 2016, 19h08

Nesta semana em que se comemora o Dia Mundial da Água (22 de março), conheça cinco profissões relacionadas ao recurso natural mais precioso do planeta.

 

Engenharia Hídrica

Small hydro power plant in Turkey

(imagem: istock)

É a engenharia que cuida da exploração, do uso e da gestão dos recursos hídricos. As possibilidades de atuação desse engenheiro são amplas. Ele planeja e executa projetos de geração de energia hidrelétrica, irrigação de plantações, saneamento básico, transporte aquático e aproveitamento eficiente da água em casas, prédios, indústrias e no campo. Também desenvolve sistemas de captação e tratamento da água. Um dos setores mais promissores é a agropecuária, na irrigação e drenagem do solo, sobretudo para a produção de grãos.

Onde estudar:

UFPel – Universidade Federal de Pelotas (RS)

UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (RS)

Unifei – Universidade Federal de Itajubá (MG)

 

Engenharia Ambiental e Sanitária

eng. ambiental

(imagem: istock)

O engenheiro ambiental e sanitário tem um campo de atuação mais amplo do que o engenheiro hídrico, pois trabalha na preservação dos recursos naturais como um todo de modo a reduzir os danos causados ao meio ambiente pelas atividades humanas.  Projeta, constrói e gerencia sistemas de obtenção e distribuição de água, de coleta e tratamento de esgoto e do descarte ou reciclagem de resíduos sólidos. Faz, ainda, o diagnóstico, a avaliação e o controle da poluição do ar, do solo ou da água causada por indústrias e outras atividades.

Onde estudar: mais de 300 instituições oferecem o curso. Procure aqui.

 

Ciência e Tecnologia das Águas

ciência e tecnologia das águas

(imagem: istock)

Oferecido somente pela Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), em Santarém,  o objetivo desse bacharelado é formar um profissional voltado para o desenvolvimento da região amazônica, de modo a cuidar da qualidade da água, solucionando problemas de poluição, e ampliar e melhorar a atividade pesqueira sustentável. Entre suas atribuições estão desenvolver estudos e pesquisas sobre recursos aquáticos e atuar em toda a cadeia produtiva da aquicultura (criação de peixes, camarões etc), desde a extração até a utilização do produto final, passando pela questão dos impactos socioambientais.

Irrigação e Drenagem

A green row celery field is watered and sprayed by irrigation equipment in the Salinas Valley, California USA

(imagem: istock)

Este é um curso superior de tecnologia, ou seja, uma graduação de curta duração (3 anos e meio) e com foco maior na prática profissional. O profissional formado por este curso executa obras de construção de sistemas de irrigação e drenagem em áreas de plantação e faz a manutenção desses sistemas.  O profissional tem grande procura nas regiões de clima seco do país, como o Nordeste. Em geral, trabalha em parceria com o engenheiro agrícola.

Continua após a publicidade

Onde estudar:

– Centec  – Faculdades de Tecnologia Centec, em Juazeiro do Norte (CE)

-Faahf – Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira, em Luís Eduardo Magalhães (BA)

– IFCE – Instituto Federal do Ceará, em Sobral e Iguatu (CE)

 

Saneamento Ambiental

Sanemanto ambiental

(imagem: istock)

Também é um curso superior de tecnologia.  O tecnólogo em Saneamento Ambiental pode atuar em parceria com o engenheiro ambiental ou sanitarista. Entre suas atribuições estão o planejamento, a gestão e a operação de sistemas de saneamento ambiental. Ele gerencia o abastecimento e tratamento de águas, fiscaliza sua qualidade e implanta tratamento de efluentes e de resíduos domésticos e industriais. Fiscaliza também o armazenamento do lixo em aterros sanitários e usinas de compostagem.

Onde Estudar

– Centec  – Faculdades de Tecnologia Centec, em Juazeiro do Norte (CE)

– Faculdade Bagozzi, em Curitiba (PR)

– FAM-  Faculdade das Américas, em São Paulo (SP)

– Fatec São Paulo – Faculdade de Tecnologia de São Paulo (SP)

– IF Goiano – Instituto Federal Goiano, Rio Verde (GO)

– IFCE – Instituto Federal do Ceará, em Sobral, Limoeiro do Norte e Fortaleza (CE)

– Ifes – Instituto Federal do Espírito Santo, em Colatina (ES)

– IFPA – Instituto Federal do Pará, em Belém, Tucuruí e Itaituba (PA)

– IFS – Instituto Federal de Sergipe, em Aracaju (SE)

– IFSul – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense, em Pelotas (RS)

– Inesul – Instituto de Ensino Superior de Londrina, em Londrina (PR)

– UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande (MS)

Continua após a publicidade
Publicidade