logo-ge

Devo cursar Engenharia Química para trabalhar na indústria de cosméticos?

(Imagem: Thinkstock)

Cremes para conservar a elasticidade da pele, batons, perfumes com fragrâncias das mais variadas, desodorantes que prometem duração até 48 horas, xampus para todo tipo de cabelo, sabonetes… A indústria de cosméticos é uma das mais presentes no nosso dia-a-dia. Aliás, a dúvida de hoje, enviada pela leitora Micheli Ferreira, tem tudo a ver com essa área:

“Olá! Quero atuar na indústria de Cosméticos, e estou pretendendo cursar Engenharia Química. Gostaria de saber se essa seria uma boa escolha ou alguma outra graduação seria mais aconselhável?”

Em qualquer procedimento que estejam envolvidas transformações químicas ou físicas em escala industrial você pode encontrar um engenheiro químico. Então, há, sim, espaço para o profissional no campo de cosméticos. Você vai vê-lo nas fábricas gerenciando processos produtivos e pensando em formas de otimizá-los, de modo que a empresa produza mais e gaste menos. Por outro lado, é importante lembrar que a indústria de que falamos é ampla e também engloba outras carreiras, como Química e Farmácia. A grande questão é que químicos e farmacêuticos estudam reações em laboratório. A diferença de atuação é simples. Enquanto estes pesquisam, por exemplo, um modo de adicionar um composto à fórmula de um creme e qual seria a substância ideal para determinada finalidade, os engenheiros químicos garantem que esse composto esteja presente em todos os cremes que serão feitos e distribuídos no país.

>> Saiba mais sobre a carreira de Engenharia Química

Para explicar melhor o que um aluno de Engenharia Química estuda e em qual parte do campo de cosméticos o profissional pode atuar, o GUIA conversou com Luiza Trevenzoli, graduada na área pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ela explica que a grade curricular do curso não traz matérias que estudem especificamente a produção de cosméticos, mas lembra que o engenheiro pode, sim, atuar nessa área em escala industrial. Já os químicos e os farmacêuticos ficam por conta da parte laboratorial, conta ela.

Confira seu depoimento!

Luiza Trevenzoli, engenheira química formada pela Unicamp:

“Oi, Micheli! Sou engenheira química formada pela Unicamp e vou tentar esclarecer suas dúvidas. Em primeiro lugar, falando particularmente da área de cosméticos, não temos matérias específicas sobre esse assunto, o que temos na faculdade são assuntos mais gerais, sobre a área química como um todo. Temos as disciplinas de Fenômenos de Transporte, Operações Unitárias e Termodinâmicas, por exemplo, que te ajudam a entender o funcionamento dessa indústria.

Se você quer trabalhar na indústria na área fabril mesmo, diretamente com a produção e com os processos nela envolvidos, não tenha dúvidas quanto a Engenharia Química. Para ser um engenheiro de processos a faculdade te prepara muito bem. Se você prefere trabalhar na parte de análises, laboratórios, procure um curso como Química ou Farmácia. Tudo depende do seu perfil.

Acredito que a Engenharia como um todo é um caminho muito bom a se seguir, pois seu universo profissional não fica restrito. Sendo uma engenheira, você tem um leque muito grande de opções para trabalhar. Você pode começar a cursar Engenharia Química e ao final do curso perceber que não era exatamente o que pensava, mas ainda assim você será engenheira e poderá trabalhar em inúmeras áreas.

Se você gosta muito de química e não muito de cálculos, que estão presentes no curso de Engenharia, siga pelo outro caminho (Química, Farmácia). Também é uma área muito ampla, que você pode trabalhar com muitos assuntos diferentes.

Reforço mais uma vez que realmente depende do seu perfil, se conhecer pessoas da área, converse e escute a opinião deles. Mas que fique claro: essa escolha é sim importante, mas o curso que você fará não definirá sozinho seu futuro, tudo depende do que você quer pra sua vida. Boa sorte!”

>> Leia sobre a carreira de Química
>> Conheça também a profissão e o curso de Farmácia 
_______________________

Quer que a sua dúvida sobre profissão seja respondida aqui no blog? Envie um e-mail para consulte.ge@abril.com.br com o assunto “Dúvida sobre Profissão”. Sua pergunta pode aparecer por aqui também! :)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s