logo-ge

Em quais áreas o bioquímico pode atuar?

Você sabe o que um bioquímico faz? Em termos gerais, o profissional é responsável por pesquisar os processos químicos e biológicos que ocorrem para a manutenção da vida e aplicar este conhecimento em áreas como as de saúde, meio ambiente, agronegócio e bioenergia. O bioquímico pode atuar, por exemplo, no desenvolvimento de vacinas ou até mesmo na produção de alimentos ou em casos de análise de paternidade. A leitora Yasmin Carli nos enviou sua dúvida sobre a função do bioquímico no mercado de trabalho:

“O que o profissional da Bioquímica faz no dia-a-dia? Ele trabalha com genética, em laboratório estudando células, proteínas, etc? O que o formado nos cursos de Bioquímica da UFSJ e da UFV podem fazer no mercado?”

Para explicar melhor a atuação desse profissional, conversamos com a bioquímica Priscilla de Almeida da Costa, formada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e que está no fim do mestrado em Bioquímica e Imunologia na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).  Atualmente, Priscilla desenvolve estudos voltados para a doença de Chagas e conta que, além da área de pesquisa, o bioquímico também pode trabalhar em órgãos governamentais, como o Inmetro, e em empresas de biotecnologia. Ela lembra que a carreira ainda é nova no Brasil o primeiro curso foi criado em 2001, na UFV , mas que os investimentos na área, apesar de incipientes, estão se ampliando.

(Imagem: Thinkstock)

Confira seu depoimento!

“Olá, Yasmin! O profissional bioquímico estuda os diversos processos químicos que ocorrem para que haja manutenção da vida. Logo, dependendo da sua área de interesse, você pode sim realizar pesquisas voltadas para área da genética ou no estudo das proteínas ou de outras moléculas. O curso da UFV, pelo qual me graduei em Bioquímica, oferece uma boa formação a respeito do metabolismo, estrutura e função das grandes moléculas do organismo, como os lipídeos, carboidratos, proteínas e os ácidos nucléicos (DNA, RNA). Além disso, ele também dá uma boa base em matérias gerais como biologia, química, cálculo e física. Esses conhecimentos podem ser utilizados na engenharia genética, no desenvolvimento de novas vacinas, na terapia com células-tronco, na elaboração de kits para realização de diagnóstico, na produção de alimentos e bebidas por fermentação, além da produção de bioenergia, entre várias outras aplicabilidades.

Assim, o campo de atuação é bastante amplo, podendo atuar na área da saúde, tanto animal quanto humana, na área ambiental, agrícola e também na produção de bioenergia. O bioquímico pode trabalhar em instituições de pesquisa como Empraba, Fio-cruz, Inca, Instituto Butantan, entre outros. Também pode seguir carreira na área da perícia criminal, ou em outros órgãos governamentais como Inmetro, Inpi, etc. Além disso, pode atuar em empresas de bases tecnológicas, como indústrias bioquímicas, alimentícias, químicas e de biotecnologia. Já existem diversos profissionais formados na UFSJ e UFV que estão abrindo suas próprias empresas de biotecnologia. Outra opção é seguir na área acadêmica, atuando em instituições de ensino públicas e privadas.

Por ser um curso novo no Brasil, ainda é confundido com Farmácia e Análises Clínicas, mas o curso de Bioquímica difere muito destes, sendo mais voltado para área de pesquisa e de biotecnologia industrial. O investimento das empresas em pesquisa no nosso país ainda é considerado baixo, mas há expectativas que o cenário mude nos próximos anos, pois diversas empresas possuem planos de ampliar estes investimentos. Além disso, devido à importância da pesquisa para o desenvolvimento do país, considero a valorização do profissional bioquímico e dos demais cientistas fundamental.”

>> Leia sobre Bioquímica na Guia de Profissões do GE

____________________

Gostou da carreira de Bioquímica? Além da UFV, o curso é oferecido no Brasil pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). A USP também possui o curso de Engenharia Bioquímica. Quer saber mais sobre o assunto? Aqui tem um montão de entrevistas com bioquímicos que estão no mercado de trabalho e contam um pouquinho mais sobre a atuação do profissional em diversas áreas desde o trabalho com etanol até a aplicação dos conhecimentos em perícia forense.

____________________

Quer que a sua dúvida sobre profissão também seja respondida aqui no blog? Envie um e-mail para consulte.ge@abril.com.br com o assunto “Dúvida sobre Profissão”. Sua pergunta pode aparecer por aqui também! (=

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s