logo-ge

História: Conheça alguns cursos diferentes

*por Lisandra Matias

Olhar o passado para entender o presente. Esse é o papel do historiador! O escritor uruguaio Eduardo Galeano (1940-2015) tem uma frase, publicada na clássica obra As veias abertas da América Latina, que retrata bem essa ideia: “A história é um profeta com olhar voltado para trás: pelo que foi, e contra o que foi, anuncia o que será”.

historia-cursos-diferentes
Imagem: Thinkstock

>> Como é a carreira de História fora das salas de aula?

O curso de história pode ser um bacharelado (formação mais generalista) ou uma licenciatura. Com a formação de bacharel, uma opção é trabalhar com pesquisa (investigando determinados temas  em arquivos, museus  e  institutos de pesquisa, por exemplo), além de produzir e avaliar material didático para editoras e instituições de ensino  e atuar com memória empresarial (recuperar a história de empresas e instituições para produzir diferentes materiais, como livros e audiovisuais).  Já a licenciatura prepara o professor para dar aulas em escolas de ensino fundamental, médio e em cursos pré-vestibulares.

Mas todos os cursos de História são iguais? Em geral, são bem semelhantes com conteúdos sobre os diferentes períodos (pré-história, história antiga, medieval e contemporânea) e sobre temas específicos da pesquisa em história, como metodologia, teoria da história, história demográfica, história política ou história da ciência.

>> Conheça 5 carreiras para quem faz História

No entanto, algumas instituições oferecem enfoques específicos. Conheça três a seguir:

1. História – América Latina, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), em Foz do Iguaçu:

Situada na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, a Unila recebe estudantes estrangeiros vindos desses países vizinhos, e os alunos de todos os cursos fazem um ciclo comum, com aulas sobre aspectos (culturais, econômicos etc) da América Latina.

A proposta da graduação em História, segundo a universidade, é desenvolver uma visão histórica inovadora, com foco no contexto latino-americano, em vez da tradicional visão europeia do continente.

2. História – Memória e Imagem, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba:

O curso oferece dois eixos de formação: História e Memória (focada na atuação em arquivos, museus e monumentos); e História e Imagens (formação de profissionais que vão associar os conhecimentos produzidos pela prática historiográfica às linguagens multimídias, como sites e vídeos).

3. História com ênfase em Patrimônio Histórico, da Universidade Candido Mendes, no Rio de Janeiro (RJ), e da Universidade Federal do Cariri (UFCA), em Icó (CE).

Na Universidade Candido Mendes, o aluno recebe uma formação voltada à pesquisa e à prática profissional em organismos públicos ou privados ligados à preservação do patrimônio histórico material e imaterial. São duas linhas de pesquisa: Patrimônio histórico, memória social e políticas de conservação; e Poder, política, movimentos sociais e identidade. Na UFCA, as ênfases recaem sobre Gestão do Patrimônio Histórico e Cultural e Gestão do Patrimônio Socioambiental.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s