logo-ge

O que o fisioterapeuta faz?

As oportunidades no mercado de trabalho tendem a melhorar com envelhecimento da população

post-fisioterapia(imagem: iStock)

O bacharel em Fisioterapia atua no tratamento e prevenção de doenças e lesões, decorrentes de fraturas ou má-formação ou vícios de postura. Tem como aliados, técnicas como massagens e exercícios que restaurem a capacidade física e funcionam do pacientes.

A grade do curso tem como base disciplinas de Ciências Biológicas e da Saúde, como biologia, anatomia, fisiologia e patologia. A partir do quarto semestre, a carga horária de aulas práticas aumenta e os alunos se deparam com técnicas de tratamento. A duração do bacharelado é de 4 anos.

>> Saiba mais sobre o curso e a carreira de Fisioterapia

As oportunidades no mercado de trabalho tendem a melhorar com envelhecimento da população e a maior demanda por serviços de reabilitação de movimentos e alívio de dores crônicas. Dentre as áreas mais aquecidas para os recém-formandos, estão a oncologia, a dermatofuncional, a desportiva e a saúde da família.

Ficou interessado? Veja abaixo uma lista com os segmentos profissionais do fisioterapeuta.

// O que você pode fazer?

Cardiologia e Pneumologia

Cuidar de pacientes nas fases pré e pós-operatória. Prevenir e tratar doenças respiratórias e cardíacas, além de reabilitar doentes, prescrevendo e aplicando exercícios ligados aos aparelhos respiratório e circulatório.

Dermatologia

Aplicar massagens e aparelhos de raios infravermelhos, ultravioleta e laser para reduzir lesões e acelerar a cicatrização de queimaduras e cortes cirúrgicos.

Estética

Aplicar técnicas como massagem em pacientes pós-cirurgia plástica e pós-cirurgia de recuperação da mama.

Fisioterapia do trabalho

Prevenir e tratar doenças relacionadas com o trabalho, como as lesões causadas por esforço repetitivo (Ler).

Fisioterapia esportiva

Prevenir e reabilitar lesões em atletas e em praticantes de atividades esportivas.

Grupos especiais

Estimular os músculos de quem sofre limitações de movimento, como idosos e portadores de deficiência física.

Indústria de equipamentos

Pesquisar, desenvolver e testar equipamentos para uso em terapia.

Neurologia adulta

Auxiliar na reabilitação dos pacientes que tiveram derrame cerebral, paralisia e traumatismo de coluna e crânio.

Neurologia pediátrica

Auxiliar na reabilitação dos portadores de patologias e síndromes típicas de criança, como paralisia cerebral e síndrome de Down.

Ortopedia e Traumatologia

Acelerar a recuperação de movimentos e reduzir dores de pacientes com fraturas, traumas ou luxações. Prevenir e reabilitar lesões da coluna vertebral e das articulações causadas por postura incorreta ou esforço repetitivo.

Terapia intensiva

Tratar pacientes críticos internados em UTIS, aplicando técnicas para reabilitação respiratória, neurológica e do aparelho musculoesquelético.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.