Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês
Por dentro das profissões Por Blog Informações sobre profissões e carreiras para te ajudar a escolher aquela que tem mais a ver com você

O que um jornalista faz?

Por Tati de Assis Atualizado em 24 fev 2017, 15h37 - Publicado em 11 mar 2015, 10h00

 

<> on March 7, 2015 in Cedar Rapids, Iowa.

Jornalistas disputam espaço em entrevista coletiva (Imagem: Getty Images)

 

A leitora Analice Reis, estudante do 2º ano do ensino médio, me escreveu um email super fofo, no qual pedia mais informações sobre a profissão do jornalista. Neste post, trataremos, então, desse assunto.

Analice, para começar, o jornalista trabalha na busca e divulgação de informações em veículos de comunicação, como: jornais, revistas, emissoras de rádio, TV e internet. De forma simples, podemos dizer que ele é uma pessoa curiosa. É o tipo de gente que ouve uma história e pergunta: “por quê?”, “onde foi isso?”, “você conhece essas pessoas?”.

O curso de Jornalismo tem duração, em média, de 4 anos. No começo, você estuda sociologia, antropologia, português e história da imprensa. Depois, começa a fazer matérias mais específicas, como produção de texto para veículos impressos, audiovisual e produção radiofônica.

O interessante da graduação é que você tem que ler muito. Tudo é do interesse do jornalista. Às vezes, um livro sobre psicopatas, por exemplo, pode te ajudar a escrever uma matéria sobre um crime. O estágio não é obrigatório, mas a monografia para conclusão de curso sim.

Continua após a publicidade

Agora, vamos ao mercado de trabalho. Com a criação da internet e das redes sociais, o papel do jornalista mudou muito. Antes, este profissional era quase um guardião. Por meio dele, as pessoas sabiam o que estava acontecendo no mundo. Agora, não, as informações estão por todo lado e a sua função é selecionar o que há de mais importante e trazer novas informações sobre o tema escolhido.

Se você entrar para o nosso time (eita, que maravilha), pode trabalhar em editoras de revistas, sites, jornais. Ou, também pode ser assessora de imprensa em empresas ou órgãos públicos. Ah, também tem a televisão, onde você pode ser repórter, produtora ou roteirista. É muita coisa, Analice. Por isso, preparamos uma lista com as áreas de atuação. Está logo abaixo, dá uma olhadinha. Boa sorte.

//Comunicação digital multimídia
Criar, montar, implantar e cuidar da manutenção de websites, intranets e extranets. Redigir e editar boletins e revistas eletrônicas. Administrar conteúdos na internet.

// Comunicação empresarial
Promover o contato entre determinada organização com a imprensa e outros públicos-alvo, como funcionários, fornecedores, clientes, governo, entidades, a fim de divulgar o nome da empresa, seus valores e produtos.

//Edição
Definir o enfoque e o tamanho da reportagem e escrever o texto final. em veículos impressos e na internet, selecionar fotos e ilustrações que serão usadas. Em rádio e TV, combinar imagens e/ou sons numa mesma festa para dar forma fnal a documentários e noticiários.

//Fotojornalismo
Fotografar cenas reais, pessoas e acontecimentos para reportagens em jornais, revistas ou internet.

//Reportagem
Coletar informações e redigir textos para divulgação em rádio, televisão, jornais, revistas ou internet.

Continua após a publicidade
Publicidade