logo-ge

Análise de mais uma redação: Lixo e meio ambiente

Veja os comentários do professor

Com base na proposta da semana passada (acesse aqui), os estudantes deveriam escrever uma dissertação sobre o tema “Gestão de resíduos na sociedade brasileira”. Já publicamos a primeira correção de um dos textos enviados pelos nossos leitores, que você pode acessar aqui. Leia agora a segunda redação e, em seguida, a análise feita pelos professores da plataforma de correção Imaginie.

Lixo, meio ambiente e reciclagem
Imagem: iStock

Lar, doce lar?

Desde a segunda metade do século XVIII, o meio ambiente começou a sentir o impacto do novo modelo de produção (baseado na força motriz, nas máquinas e no sistema fabril). O famoso rio Tâmisa foi testemunha do desenvolvimento de Londres, alcançando por duas vezes na história o status de “rio biologicamente morto”. O afã por grande poder econômico, não raro no passado e no presente, suplantam os cuidados que são devidos ao meio ambiente para que haja, ao menos, a preservação do equilíbrio entre homem e natureza. O Brasil não se situa longe desse panorama na gestão de resíduos.

A “casa comum” – como foi chamada a terra pela campanha da fraternidade (movimento da Igreja Católica) – merece nossa atenção de maneira especial no tempo atual, em que o Brasil convive com os problemas de um rápido crescimento econômico. Menos da metade das unidades federativas possui programas de coleta seletiva de lixo. A reciclagem torna o resíduo reutilizável e se fosse implantada de maneira mais intensa e desenvolvida poderia contribuir para a diminuição das áreas destinadas a lixões de céu aberto, bem como diminuir o consumo de matérias primas por meio da reintrodução de materiais como plásticos e papéis no ciclo de produção.

Um outro aspecto que merece especial atenção é o grande volume de lixo tecnológico gerado pela febre contemporânea que legou ao Brasil um lugar dentre os maiores consumidores de celulares do planeta. São cerca de 50 toneladas de lixo eletrônico (contando-se ainda outros setores, além do de comunicações) que tendem a crescer, ainda mais, nos próximos anos. Contudo, de acordo com uma pesquisa da Dell, apenas 10% dos computadores descartados em todo mundo são destinados a reciclagem.

Acidentes como o de Mariana-MG e enchentes em diversas cidades (que praticamente já se tornaram normais aos noticiários) são exemplos de que há uma lacuna na consciência sobre a importância que se deve dar ao meio ambiente. A dita “casa comum” requer cuidados particulares, haja visto que, a espécie humana mora aí e precisa, assim como os demais animais, de condições específicas para viver de forma saudável. 

Os atuais 2,24% dos orçamentos estatais direcionados para a área ambiental deveriam ser dilatados e melhor administrados. O Ministério da Cultura poderia promover uma disseminação pelos veículos midiáticos (TV, rádio, jornais, outdoor etc) de propagandas que explicitem a importância da separação do lixo para a reciclagem e do combate à poluição do meio ambiente. Os governos estaduais deveriam ser mais empenhados em soluções dinâmicas para a questão ambiental servindo-se de pesquisas universitárias e subsídios federais para a manutenção de políticas de limpezas das cidades, reciclagem, monitoramento do descarte de resíduos industriais e, ainda, organização na coleta de resíduos tecnológicos como baterias, pilhas, celulares inutilizados etc. Estado e população devem se aliar na busca e manutenção diária da ordem na “casa comum”.

Quer ver a análise da sua redação publicada no blog na semana que vem? Então desenvolva o texto com base na proposta desta semana, A persistência do racismo na sociedade brasileira, até domingo (17). Atenção: não serão corrigidas redações com outros temas!

Análise da proposta:

A proposta de redação pede a produção de um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema Gestão de resíduos na sociedade brasileira. Esse gênero de texto consiste na defesa de uma ideia por meio de argumentos e explicações e o objetivo central é convencer o leitor de seu ponto de vista.

A estrutura do texto dissertativo-argumentativo deve possuir introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução o candidato deve contextualizar o tema abordado e já assumir um ponto de vista. No desenvolvimento, apresentar os argumentos. O candidato precisa ficar atento para não copiar os textos motivadores na hora da argumentação, e se utilizar citações, é necessário usar aspas e identificar o autor. Como o objetivo é convencer quem está lendo, espera-se do candidato um bom embasamento e capacidade de persuasão. Além disso, a construção do texto precisa ser coesa e coerente, respeitando uma ordem lógica. Ao concluir, é necessário apresentar uma proposta de intervenção que respeite os direitos humanos e que seja possível de ser realizada.

Análise da redação do aluno:

O aluno compreendeu bem a proposta e expôs fontes externas, que corroboraram seus argumentos. O texto é coerente, coeso e escrito na norma culta.

>> Veja aqui algumas dicas para melhorar sua redação

Competência I – Demonstrar domínio da norma culta: O estudante dominou bem a linguagem padrão.

Competência II – Compreender a Proposta: Compreendeu bem a proposta e soube argumentar para defender seu ponto de vista.

Competência III – Selecionar, relacionar argumentos: Introduziu bem, apresentando o tema e a tese. Defendeu bem sua tese, expondo conhecimento de mundo e fontes externas para validar os argumentos.

Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação: O texto todo é muito bem construído e articulado. Os parágrafos foram muito bem relacionados.

Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema: Propôs uma solução coerente às ideias antes expostas, de maneira convincente e criativa em todos os âmbitos.

Nota: 920

Já viu a nova proposta de redação da semana? Acesse aqui para ver o tema: A persistência do racismo na sociedade brasileira. Você pode enviar seu texto até domingo (17).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s