Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês
Redação para o Enem e Vestibular Por Blog Dicas de redação, propostas e análises de texto para mandar bem no Enem e nos vestibulares

Análise de redação: Desafios do sistema de segurança pública no Brasil

Veja a correção para uma das redações enviadas pelos nossos leitores

Por da redação Atualizado em 27 mar 2019, 18h16 - Publicado em 24 Maio 2018, 07h00

Com base em uma proposta lançada, os estudantes deveriam escrever uma dissertação sobre o tema “Desafios do sistema de segurança pública no Brasil”. Leia abaixo uma das redações enviadas e veja, em seguida, a análise feita pelos professores da plataforma de correção Imaginie.

  • Tema: Desafios do sistema de segurança pública no Brasil

    Uma criança brinca no quintal de sua casa e é fatalmente atingida por uma bala perdida. Horas mais tarde, chega ao hospital sem vida. [1] Essa é uma triste cena que reflete, infelizmente, o amargo panorama brasileiro. Isso se deve, em fato, tanto pela malograda política de proteção pública no país, como pelo desmantelamento da cidadania e direitos dos indivíduos, o que culmina em uma crise do sistema de segurança pública no Brasil. Nessa perspectiva, convém buscar soluções para dirimir esse impasse.

    Em primeira instância, cabe destacar o panorama histórico-político da segurança pública que influi em seu perfil hodiernamente. À época do período militar [2], acentuou-se o esfacelamento de uma sociedade democrática em virtude da doutrina de segurança nacional, uma lógica puramente autoritária de conduta. Os modelos e [3] ações de segurança público limitavam-se à contenção social, com o uso da força e de armas para a repressão. Contudo, essa ótica é perceptível no comportamento das ações policiais que são enfatizadas pelo terror e violência. Um exemplo que permite ilustrar isso, foi a ocupação militar da comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, marcada pelas guerras entre traficantes e os próprios policiais, ceifando centenas de vidas inocentes no meio do conflito. [4]

    Por outro lado, as lacunas deixadas pelas ausentes promoções de cidadania corroem a maquinaria pública de segurança. Segundo o sociólogo brasileiro [5] Milton Santos, o fenômeno da globalização, embora tenha dinamizado o mundo, foi excludente, uma vez que intensificou as desigualdades. Isto é, muitos não foram beneficiados com as inovações técnicas ocorridas e tornaram-se marginalizados na sociedade, sendo privados de educação, renda e trabalho. Dessa maneira, esse afastamento populacional configura uma diminuição na coesão social, o que dificulta o acesso desses aos espaços públicos. Logo, as ações de segurança pública tornam-se tênues e elevam indiretamente a criminalidade.

    Infere-se, portanto, que é premente a situação da segurança pública brasileira. Por isso, é necessário que o Estado, em especial o Conselho de Segurança Pública, através de reformas nos departamentos policiais, iniba a conduta violenta e autoritária desses, oferecendo treinamento íntegro e pacífico para o combate das moléstias que assolam o país. Ademais, as escolas em parceria com o Ministério da Educação e da Cultura, [6] devem por meio de projetos e ensino profissionalizante oferecer oportunidades de estudo e trabalho a fim de promover o exercício da cidadania aos indivíduos. Assim sendo, poder-se-á verificar uma sociedade mais pacífica e coesa em sua infraestrutura. [7][8][9][10] [11]

    Avaliação por competência:

    Competência I – Demonstrar domínio da norma culta:

    [3] Faltou um paralelismo sintático. O correto é usar “as” antes de “ações”, pois o “os” serve apenas para a palavra “modelos”.

    [7] Demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da Língua Portuguesa e de escolha de registro.

    Competência II – Compreender a Proposta:

    [1] O exemplo usado para ilustrar o tema é bom, mas a forma de abordá-lo é pouco adequada para o tipo de texto em questão.

    [11] Desenvolveu o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo, e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo.

    Continua após a publicidade

    Competência III – Selecionar e relacionar argumentos:

    [2][4] Boa referência.

    [5] Excelente referência e muito bem fundamentada.

    [8] Apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, em defesa de um ponto de vista.

    Competência IV – Conhecer os mecanismos linguísticos para a construção da argumentação:

    [9] Articula bem as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

    Competência V – Elaborar a proposta de solução para o problema:

    [10] Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

    Nota: 960

    Continua após a publicidade
    Publicidade