Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês
Redação para o Enem e Vestibular Por Blog Dicas de redação, propostas e análises de texto para mandar bem no Enem e nos vestibulares

Proposta de redação: Tabagismo no século XXI

Guia do Estudante vai distribuir 10 correções gratuitas por proposta em parceria com a Imaginie

Por da redação 8 jul 2018, 07h00

A proposta de redação desta semana já está no ar! Envie seu texto até o dia 14 de julho e poderemos publicá-lo corrigido aqui no blog.

Para participar, é preciso criar um perfil de usuário na plataforma Imaginie, selecionar a proposta e seguir as instruções para o envio da redação diretamente pelo site. Os primeiros a se cadastrarem por meio desse link terão direito a uma correção, sempre feita por dois ou mais professores, seguindo os mesmos critérios do EnemO Guia do Estudante vai distribuir 10 correções gratuitas por proposta.

  • ATENÇÃO: Para que sua redação seja publicada no blog, é preciso desenvolver a proposta correspondente à semana em curso! Ou seja, para os textos enviados até o dia 14 de julho, a proposta deve ser a que está descrita abaixo.

    A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Tabagismo no século XXI: problemas e consequências”, apresentando proposta de intervenção. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

    TEXTO I

    O uso de tabaco mata mais de sete milhões de pessoas a cada ano e custa a famílias e governos mais de US$ 1,4 trilhão por meio de despesas de saúde e perda de produtividade.

    Continua após a publicidade

    “O tabaco nos ameaça a todos”, diz a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. “O tabaco exacerba a pobreza, reduz a produtividade econômica, afeta negativamente a escolha de alimentos consumidos pelas famílias e polui o ar interior”.

    De acordo com ela, “ao se adotarem medidas firmes de controle do tabagismo, os governos podem proteger o futuro de seus países, protegendo toda a população, independente de consumirem ou não, esses produtos mortais. Além disso, são geradas receitas para financiar a saúde e outros serviços sociais, bem como evitados os estragos que o tabaco causa no meio ambiente”.

    Todos os países se comprometeram com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, que visa fortalecer a paz universal e erradicar a pobreza. Entre os principais elementos dessa agenda estão a implementação da Convenção-Quadro da OMS para o Controle do Tabaco e, até 2030, redução em um terço o número de morte prematuras causadas por doenças não transmissíveis (DNTs), incluindo doenças cardíacas e pulmonares, câncer e diabetes, para as quais o uso de tabaco é um fator de risco chave.

    Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5428:dia-mundial-sem-tabaco-2017-vamos-vencer-otabaco-em-favor-da-saude-prosperidade-meio-ambiente-e-desenvolvimento&Itemid=839/
    Acesso em 21 maio 2018 Adaptado

    TEXTO II

    Reprodução/Reprodução

    Disponível em: http://blog.sesifarmacia.com.br/bem-estar/infografico-os-riscos-do-cigarro-em-numeros/
    Acesso em 21 maio 2018

    TEXTO III

    Reprodução/Reprodução

    Disponível em: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI307763-17770,00-
    QUANTO+CUSTA+PARA+O+CONTRIBUINTE+BRASILEIRO+CADA+MACO+DE+CIGARRO+FUMADO+NO+.html Acesso em 21 maio 2018

    Continua após a publicidade
    Publicidade