logo-ge

EAD: como é estudar Engenharia na modalidade

Fabio Menezes, de 41 anos, encarou uma segunda graduação e conta como é estudar Engenharia na modalidade

Engana-se quem pensa que o ensino a distância é exclusividade de cursos de licenciatura e tecnológicos: com os avanços da modalidade, também cresceu a procura por cursos como engenharias, que contam com o apoio de simuladores, jogos e bibliotecas digitais.

Aluno de Engenharia Elétrica em São Paulo, o técnico em eletrônica Fabio Menezes, de 41 anos, está no terceiro semestre e conta como é fazer um curso de ciências exatas a distância. Leia o relato a seguir:

“Estudar Engenharia Elétrica na modalidade a distância é algo que tem atendido às minhas expectativas. Depois do meu primeiro curso, decidi começar uma nova graduação com o intuito de me atualizar profissionalmente e buscar novas oportunidades. Escolhi uma instituição que, além de oferecer o curso que eu procurava, tem um polo com localização favorável para mim.

Essa é a primeira vez que eu faço um curso a distância. Como tenho muitas responsabilidades profissionais e viajo muito a trabalho, uma graduação presencial é inviável. Já que estamos em uma época em que a EAD está em expansão, eu sempre espero que a instituição esteja de acordo com esses avanços e tenda a se desenvolver e apresentar novos métodos mais objetivos para o aprendizado. Acredito que o tempo de retorno quanto ao feedback das atividades que entregamos poderia ser aprimorado, por exemplo.

A plataforma digital em que estudamos no curso é favorável, mas a maior vantagem vai além disso: a modalidade a distância permite definir meu próprio ritmo de estudo, tomar a decisão sobre quando e onde estudo e de descobrir, assim como outros alunos, que tenho habilidades úteis, como planejamento e pesquisa.

A EAD também leva a vantagem no custo-benefício, no fato de tornar possível que qualquer pessoa se forme em qualquer parte do país, de ter maior interação com o instrutor e de oferecer aulas práticas para fixação de conteúdo e resolução de dúvidas.

É claro que nem tudo são flores. Para mim, as complicações residem, principalmente, na frustração de não conseguir concluir algumas atividades como eu gostaria pelo excesso de trabalho e pela falta de tempo. Ao contrário do que muita gente pensa, uma EAD exige, sim, uma rotina puxada de estudos e muita disciplina – e isso pode ser um susto para quem busca um curso facilitado, o que provoca muita desistência.

Também ficamos à mercê da qualidade do provedor de internet, que nem sempre funciona bem, e temos que realizar atividades presenciais, que nem sempre casam com a nossa rotina. Além disso, existem muitos erros nas plataformas digitais de aprendizagem que precisam ser corrigidos, como a anulação de questões de provas online na hora de recalcular as notas das disciplinas. Para resolver esses problemas, o aluno precisa abrir chamados online e aguardar a equipe técnica, um processo que muitas vezes demora pra ser concluído.

A EAD já exige muita disciplina. A Engenharia, por ter muitas matérias de raciocínio lógico e cálculo, cobra atenção extrema. A grade curricular do meu curso inclui disciplinas como economia, administração, cálculo, álgebra, geometria, química e estatística. Matérias como comunicação, empreendedorismo, ética e sustentabilidade também são contempladas.

Minha rotina de estudos sempre deve ser conciliada com a minha rotina profissional. Dessa forma, reservo sempre de duas a três horas por dia para estudar e fazer as atividades online ou mesmo ler os livros disponibilizados. Como sou inteiramente responsável pela organização das atividades, preciso ser extremamente criterioso e cuidadoso.

Apesar de nem sempre ter dias tranquilos para fazer as atividades presenciais, considero-as fundamentais para o sucesso no curso. Nós temos entre dois e três encontros durante o semestre, e todos eles facilitam muito o entendimento do conteúdo e abre portas para o esclarecimento de dúvidas”.

Fabio Menezes
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s