Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês
Estude melhor Por Susane Ribeiro

Como estudar para o Enem com provas de outros vestibulares

Você pode e deve estudar para o Enem usando provas do Encceja, Unesp, Fuvest e de outros vestibulares. Veja em quais casos elas são recomendadas

Por Susane Ribeiro Atualizado em 18 jul 2022, 15h34 - Publicado em 18 jul 2022, 11h15

Resolver provas antigas do Enem é uma excelente maneira de estudar, isso provavelmente você já sabe. Mas o que fazer quando o “estoque” de provas começa a se esgotar ou você sente que precisa treinar pontos específicos, como atenção ou desempenho nas questões mais conteudistas?

Apesar de cada vestibular ter sua particularidade, saiba que é possível – e indicado – usar outras provas para se preparar para o Enem, já que cada uma delas contempla um aspecto que também aparece no exame. 

Neste texto, vou explicar em que casos as provas do Encceja, Fatec, UERJ, Unesp, Unicamp e Fuvest são indicadas para quem se prepara para o Enem. Já adianto: a sequência que mostrarei é da prova mais fácil (Encceja) para a mais difícil (Fuvest).

gráfico comparando grau de dificuldade provas
Susane Ribeiro/Reprodução

Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos)

O Encceja é elaborado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), mesma banca que faz o Enem. O estilo da prova é idêntico, com enunciados longos que exigem leitura atenta e interpretação.

O exame, voltado para jovens e adultos que não conseguiram concluir os estudos no tempo adequado, se situa no rol de questões fáceis de Enem, e apenas eventualmente nas questões médias. Como acertar questões fáceis no Enem é essencial para garantir uma boa nota  – considerando o método de correção TRI – praticar exercícios mais simples ajuda a evitar erros por desatenção. 

Portanto, se estiver cansado depois de um dia intenso de estudos, é uma boa ideia relaxar com uma prova do Encceja 

Minha recomendação: resolver as provas de Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Linguagens do Encceja.

Baixe todas as provas antigas do Encceja aqui.

Fatec (Faculdade de Tecnologia)

A Fatec é uma prova com grau de dificuldade similar ao do Enem, mas com enunciados mais curtos. São questões direto ao ponto, com pouca ou nenhuma necessidade de interpretar o enunciado.

Por isso, essa é uma prova boa para treinar os conteúdos, porque você pratica questões com o mesmo nível de dificuldade do Enem, mas sem precisar se preocupar tanto com a interpretação. É uma excelente forma de remover lacunas teóricas em matemática e naturezas. 

O único problema, neste caso, é que são poucas questões por edição: apenas 5 questões de cada disciplina. Clicando aqui, você acessa todas as provas e gabaritos da Fatec desde 2010. 

Minha recomendação: resolver as provas de Matemática, Ciências da Naturezas e Ciências Humanas da Fatec.

UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro)

Assuntos super cobrados no Enem como probabilidade, geometria espacial e plana também caem bastante no vestibular da UERJ. É uma prova similar ao Enem, mas com poucas questões. Quase todo o ano tem uma questão de geometria espacial que parece que saiu diretamente do Enem. 

Usando a régua de dificuldade do Enem que engloba questões fáceis, médias e difíceis, a UERJ só teria questões fáceis e médias. Acesse as provas e gabaritos da UERJ aqui

Minha recomendação: resolver as provas de Matemática e naturezas da UERJ

Unesp (Universidade Estadual de São Paulo)

Essa é a primeira prova com nível de dificuldade maior que o do Enem.

As questões de matemática e de Ciências da Natureza da Unesp podem envolver o famoso “pulo do gato” – aquela sacada que te permite entender a questão de uma hora para outra.

Continua após a publicidade

Essa é uma das maravilhas de treinar com a prova da Unesp: apesar de ser um pouco mais difícil que o Enem, são questões que vão prepará-lo para os pulos do gato nas questões médias e difíceis do exame.

A prova da primeira fase é composta por 90 questões: 30 para Linguagens, 30 para Ciências Humanas e 30 para Matemática e Ciências da Natureza. Bem, ao menos em teoria. As perguntas da Unesp costumam ser interdisciplinares e muito contextualizadas. Uma questão de Física pode estar misturada com Matemática, ou então uma de Química com Biologia – inclusive com o enunciado em inglês… é uma aventura!

Se você precisa focar em Matemática e Ciências da Natureza, faça somente essas 30, principalmente se já estiver bem em Ciências Humanas e Linguagens. A prova de humanas é contextualizada e aprofundada, além de incluir conceitos chaves de Filosofia e Sociologia. É uma prova para treinar se você quiser gabaritar humanas no Enem.

Minha recomendação: resolver as provas de Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas da Unesp.

Clicando aqui, você confere as principais informações sobre o vestibular da Unesp.

Unicamp (Universidade Estadual de Campinas)

Comparar o nível de dificuldade da Unicamp com o Enem não é tão simples: para isso, é preciso separar as questões por disciplinas.  Em matemática, a Unicamp cobra assuntos que não caem no Enem, como matrizes, sistemas lineares, polinômios ou números complexos. Ainda assim, você pode usar a prova filtrando apenas os assuntos que tem chances de aparecer no exame, como geometria plana, espacial e aritmética. Veja abaixo como o enunciado de matemática, na Unicamp, é direto ao ponto:

Questão de matemática da Unicamp
Unicamp/Reprodução

Já em Ciências da Natureza, o nível das questões é apenas um pouco acima do cobrado no Enem, o que permite ao candidato praticar com elas. 

Assim como no caso da Unesp, resolver as questões de humanas na Unicamp pode te ajudar a gabaritar essa área no Enem, já que são questões bem elaboradas e interessantes. 

Minha recomendação: resolver as provas de Ciências da Natureza e Ciências Humanas da Unicamp.

Clicando aqui, você confere as principais informações sobre o vestibular da Unicamp.

Fuvest (seleciona para a Universidade de São Paulo)

A Fuvest é uma prova muito coerente e com raros casos de dupla interpretação. Ela serve principalmente para treinar formas mais complexas de se cobrar um conteúdo. São as questões de “pulo do gato” em nível mais difícil.

Essa é uma prova útil apenas para quem já treinou com as provas anteriores e está buscando mais de 40 acertos em cada área.

Em matemática, a Fuvest tem a vantagem de cobrar bastante geometria plana, que é um assunto muito frequente no Enem. A prova de 2021 veio um pouco mais fácil do que nos outros anos e pode ser um bom começo para quem quer começar a treinar usando o vestibular da USP.

Minha recomendação: resolver as provas de Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas da Fuvest, mas apenas para quem já acerta próximo de 40 questões por área no Enem.

Clicando aqui, você confere as principais informações sobre o vestibular da Fuvest.

Resumindo: se você está começando a fazer provas antigas, recomendo usar provas como Encceja, Fatec e Uerj. Depois de resolver várias edições e remover lacunas teóricas, você pode começar a solucionar a Unesp. Depois de alguns anos de Unesp, é possível migrar para as questões de Ciências da Natureza da Unicamp. Por fim, quando os astros estiverem se alinhando e você estiver acertando bastante, chegou a hora de começar a resolver a Fuvest.

Susane Ribeiro foi aprovada em engenharia aeronáutica no ITA, em medicina na USP e na Unicamp e inventou o Método Sniper de Questões. Ela tem um canal no YouTube onde dá dicas para estudar melhor e manter a motivação.

Continua após a publicidade

Publicidade