logo-ge

Planejamento: Sete passos para ser bem-sucedido no Enem

A maratona do Enem, com dez horas de prova em dois dias, demanda uma boa preparação mental e física

 

1. FAÇA AS PROVAS ANTERIORES

Desde 2009, já foram elaboradas mais de 2 mil questões nas diversas provas do Enem. Você pode acessar a página do GUIA DO ESTUDANTE, acessar provas já realizadas pelo Enem e destrinchá-las. Cada uma delas ajudará você a se preparar para o próximo exame. Trata-se de conhecer o adversário e enfrentá-lo sabendo o que ele já exigiu antes.

Para um aproveitamento completo, sente-se num lugar silencioso, com um relógio com cronômetro, e faça cada questão de uma prova passada do Enem contando o tempo. Se fizer todas as provas disponíveis de 2009 até hoje (são duas por ano, pois há uma segunda aplicação, para presídios e estudantes que têm de refazer a prova), terá mais facilidade de encarar a maratona do exame em outubro próximo.

Faça isso simulando ao máximo as reais condições do Enem. Use as mesmas regras: quatros horas e meia para as duas primeiras provas e cinco horas e meia para as duas últimas e a redação. Faça o simulado sem interrupções em um lugar apropriado: silencioso e com uma cadeira dura, similar àquela que você encontrará. Dessa forma, treinará também para o desafio físico da prova. Controlar o seu tempo simulando o Enem é uma oportunidade boa para se antecipar a todos os problemas. Tudo isso é treino de batalha. Ao se colocar no próprio terreno da prova, com as mesmas regras, você tomará consciência de seus próprios limites e dificuldades, e vai se preparar para superá-los.

Se perceber que é necessário ler mais rápido, busque formas para acelerar a leitura. Se precisar fazer cálculos mais ligeiros, treine sua capacidade com exercícios. Não desanime com os primeiros resultados. O simulado é um campo de teste. Você pode errar sem medo.

2. CONSTRUA O MAPA DA MINA

Após solucionar as provas, com os simulados, você poderá fazer uma análise dos resultados. Erros e acertos vão te ajudar. Com os erros, você descobre seus pontos fracos e pode se dedicar a saná-los. Com os acertos, poderá refletir se realmente acertou pois dominava o assunto ou se foi apenas sorte. Você poderá mapear os assuntos e construir seu mapa de estudos: ver em quais assuntos, dos que caíram mais na prova, você tem dificuldade. Dessa forma, poderá concentrar seus estudos nos seus pontos fracos. Analise também os temas das redações, e terá elementos para formular outras propostas de redações por conta própria, usando as anteriores como base. Dessa forma, perceberá que há similaridades que ajudam você a construir argumentações eficazes em outros temas de redação que possam cair na próxima edição.

3. LEIA MUITO, MAIS RÁPIDO E MELHOR

O primeiro eixo que norteia o Enem é o de avaliar a “competência leitora”, ou seja, a capacidade de entender o que se está lendo. Algumas vezes, a resposta está na pergunta: basta uma leitura atenta.

O hábito de ler é sempre uma vantagem. Quem lê bem tem sucesso na prova. Para ler bem, é preciso praticar a leitura. Ler um jornal diário ou uma revista semanal ajudará. Com isso, você também terá uma boa quantidade de conteúdo para pensar.

minutos por questão

Para ler bem, porém, é preciso entender a linguagem que aparece na prova. Para começar, é importante sempre tentar aprender as palavras desconhecidas em provas anteriores do Enem e em seus materiais didáticos. Não deve existir o “eu acho”. As dificuldades de vocabulário do Enem não são mero acaso, mas parte da avaliação da prova, que usa certo número de termos e palavras complexas para avaliar sua leitura. Você pode ampliar o seu vocabulário e dominar com mais segurança a norma culta da língua portuguesa: deve usar um bom dicionário quando tiver alguma dúvida. É bom ter um que possa carregar sempre com você. A boa notícia nesse campo é que os celulares modernos possuem aplicativos de dicionário que podem colocá-los ao alcance das mãos.

4 . APRENDA COM GRÁFICOS, FOTOS, TABELAS E ILUSTRAÇÕES

Um dos pontos importantes do Enem é dominar a leitura de gráficos e tabelas. Para isso, uma dica infalível é abrir o caderno de economia de um grande jornal. É nessa parte que você encontrará mais gráficos e tabelas. Mas não basta apenas “olhar”, é preciso entender as informações que estão colocadas ali, traduzi-las para a sua própria compreensão, o que exige um tanto de concentração e esforço. Ler charges e histórias em quadrinhos é importante, pois quem não tem prática de leitura de narrativas gráficas pode perder detalhes que significam muito na prova. Ler ilustrações é mais do que o balão ou a legenda: é preciso compreender também o que o desenho diz nos seus detalhes.

5. SAIBA DESVENDAR CONCEITOS

A capacidade de o aluno dominar e utilizar conceitos de diferentes áreas, como geopolítica, saúde, cultura, história, ciências, é outro eixo fundamental do Enem. Não adianta, por exemplo, só saber o significado das palavras que compõem o conceito de “Terceiro Mundo”, pois elas não vão lhe ajudar. É preciso saber que a expressão “Terceiro Mundo” é um conceito do período entre o final da II Guerra Mundial (1945) e a queda do Muro de Berlim (1989) utilizado para representar os países pobres, também chamados de nações “subdesenvolvidas”, “em desenvolvimento” e, mais recentemente, “emergentes”. Para aprender conceitos e ter referenciais confiáveis, tenha o hábito de ler jornais e revistas. Usar a internet pode ser legal, desde que você seja capaz de achar boas fontes de informação e não se desfocar do estudo. Se você se perde nos bate-papos nas redes sociais, o melhor é nem se aproximar do computador na hora do estudo.

6. ENFRENTE O RELÓGIO

No Enem, você vai enfrentar 180 questões e uma redação. Isso equivale a 64 páginas para serem lidas durante as dez horas de exame. Essa maratona requer um treino específico: o de velocidade na leitura e na resolução de questões. Obviamente, não adianta ler mecanicamente, sem entender o que está escrito. No Enem, você terá 135 minutos para ler, pensar e responder as 45 questões de cada área.

Na média, são 3 minutos por questão. No entanto, é preciso reservar um tempo para passar as respostas para o gabarito com calma. Então, podemos dizer que você terá 150 segundos por questão. É um esforço enorme. Para enfrentá-lo melhor, é preciso treinar. O essencial é tentar ampliar sua capacidade de concentração.

7. DESCANSE NO FINAL

Os dias que antecedem a prova merecem um planejamento detalhado, desde já. Se você trabalha, busque programar agora as férias para o período. Se não for possível, negocie ao menos um ou dois dias de folga.

Depois de semanas ou meses de estudo, a véspera do Enem não vai resolver suas deficiências. Use-a para descontrair- se de modo moderado, como ir ao cinema ou passear num parque, e sobretudo descansar, dormindo bem. Quem estiver descansado na manhã do sábado do exame terá uma vantagem, pois nos dois dias de Enem você será consumido fisicamente.

No próprio dia, o maior adversário não é a prova, mas você mesmo. A ansiedade, a insegurança e o medo são os obstáculos a superar, pois ocupam nossa cabeça com pensamentos que atrapalham. Lembre-se: o Enem é como o Carnaval, todo ano tem um. Então, não fique na cabeça com a ideia de que você só tem essa chance, pois será uma pressão desnecessária sobre você. É preciso ter calma e foco. Encarar cada questão com tranquilidade é a melhor forma de atingir seus objetivos.

 

PARADA OBRIGATÓRIA!

No início da prova, sua concentração é plena. Com o tempo, diminui. Seus olhos ficam cansados, sua cabeça começa a prestar atenção em outras coisas que acontecem na sala (salgadinhos sendo mastigados, pessoas que vão ao banheiro…). Para recuperar a concentração, você deve planejar a ida ao banheiro a cada 60 minutos de prova ou a cada 30 questões, ou fazer um lanche na pausa. Pode também dedicar alguns instantes para alongamentos. Isso ajudará seu rendimento: após cada pausa, voltará mais concentrado e terá um melhor aproveitamento.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s