Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Inglês: Interpretação – Climate change: warm words and cool waters

There is a serious debate about why observed temperatures have not kept pace with computer-modelled predictions

Screenshot_3

WARM AND WET – Global warming is pointed as a factor that will increase foods, as this one that occurred in 2009 in Manila, Philippines

Last week’s report that the current “pause” in global warming could be linked to cyclic cooling in the Pacific will be interpreted by climate sceptics as evidence that global warming isn’t happening, and by politicians as a reason to forget about climate change and carry on with business as usual. Both responses would be dangerously wrong.

There is no serious argument within climate science about the link between carbon dioxide levels and temperature. Between 1970 and 1998 the planet warmed at an average of 0,17C per decade, and from 1998 to 2012 at 0,04C per decade. Carbon dioxide levels in the atmosphere, however, continued to rise and are now higher than at any time in the last 800,000 years. Twelve of the 14 warmest years on record have occurred since 2000; the last two years have been marked by catastrophic floods in Australia and record-breaking temperatures in the US; and the loss of north polar ice has accelerated at such a rate that climate modellers expect the Arctic Ocean to be routinely ice-free in September after 2040.

There is, however, a serious debate about why the observed temperatures have not kept pace with computer-modelled predictions and where the heat that should have registered on the global thermometer has hidden itself. One guess – supported by some sustained but still incomplete research – is that the deep oceans are warming: that is, the extra heat that should be measurable in the atmosphere has been absorbed by the sea. This is hardly good news: atmosphere and ocean play on each other, and any stored heat is    I     to be returned to the atmosphere sooner or later, in unpredictable ways. The real lesson from the latest finding is that there is a lot yet to be understood about how the planet works, and precisely how ocean and atmosphere distribute    II    from the equator to the poles.

The Guardian, September 1, 2013 (www.theguardian.com. Adaptado.) (Vestibular Unifesp 2014, adaptado

 

EXERCÍCIOS – UNIFESP 2014 (adaptado)

1. As informações apresentadas no segundo parágrafo apoiam a ideia, presente no texto, de que:

a) os políticos já podem relaxar as medidas que visam evitar o aquecimento global.

b) a pausa no aquecimento global também pode desencadear mudanças climáticas.

c) o aquecimento global não está em desaceleração, apesar do esfriamento do Oceano Pacífico.

d) o ciclo de resfriamento do clima já começou, exemplificado pelas enchentes na Austrália.

e) o derretimento das calotas polares esfriou os oceanos, que, por sua vez, interromperam o aquecimento global.

 

2. No trecho do terceiro parágrafo – the deep oceans are warming: that is, the extra heat that should be measurable in the atmosphere has been absorbed by the sea –, a expressão that is introduz uma:

a) discordância.

b) exemplificação.

c) causa.

d) explicação.

e) generalização.

 

3. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna I no texto.

a) unlikable

b) liking

c) likelihood

d) unlikeliest

e) likely

 

4. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna II no texto.

a) warmed

b) warmth

c) warm

d) warmful

e) warme

 

RESPOSTAS
1. O segundo parágrafo apresenta uma série de evidências científcas que apoiam a ideia de que o mundo está se aquecendo: “there is no serious argument within climate science about the link between carbon dioxide levels and temperature” (não há nenhuma discordância séria na ciência do clima sobre a ligação entre os níveis de dióxido de carbono e a temperatura). Agora, analisando as alternativas:

a) Associando o segundo parágrafo ao primeiro, concluímos que apesar de alguns políticos não acreditarem no aquecimento global, há evidências de que o fenômeno é uma realidade. Incorreta.

b) No primeiro parágrafo, o texto afirma que a pausa verificada no aquecimento global pode estar relacionada com o resfriamento do Oceano Pacífico. No entanto, esse resfriamento não é apontado no restante do texto como causa do fenômeno. Incorreta.

c) Os argumentos do segundo parágrafo confirmam o aquecimento global. Correta.

d) As enchentes seriam causadas pelo aquecimento e não pelo resfriamento. Incorreta.

e)Da mesma maneira, os argumentos reforçam a ideia de aceleração do aquecimento global indicado pelo ritmo acelerado de derretimento das calotas polares, e não a interrupção do fenô- meno. Veja: “… and the loss of north polar ice has accelerated at such a rate that climate modellers expect the Arctic Ocean to be routinely ice-free in September after 2040” (… e a perda do gelo no Polo Norte acelerou a uma taxa tão alta que os modeladores esperam que o Oceano Ártico esteja constantemente degelado depois de setembro de 2040). Incorreta. Resposta: c

2. A expressão “that is” (isto é, quer dizer, ou seja) sempre introduz uma explicação – neste caso, sobre a informação dada anteriormente: os oceanos profundos estão aquecendo. Isto é, o excesso de calor que deveria ser medido na atmosfera tem sido absorvido pelo mar. Resposta: d

3. A questão exige tanto vocabulário quanto a interpretação correta do trecho, no contexto geral do texto. Referindo-se à ideia de que o excesso de calor seja absorvido pelos oceanos em suas profundezas, o texto afirma: “that is hardly a good news: atmosphere and ocean play on each other, and any stored heat is I  to be returned to the atmosphere…” (essa é difcilmente uma boa notícia: a atmosfera e o oceano infuem um sobre o outro, e qualquer calor estocado   I     é provável que seja devolvido à atmosfera…). Ou seja, neste trecho, o autor trata de probabilidade. Se você conhecer o significado das palavras apresentadas, saberá que a resposta correta é “likely”. “To be likely” significa ser provável, ser propenso. O significado dos termos das demais alternativas: unlikable: desagradável; liking: simpatia, atração ou predileção; likelihood: probabilidade; unlikeliest: o mais improvável. Resposta: e

4. A questão exige conhecimento sobre sufxos. Traduzindo o trecho citado na alternativa: “… and precisely how ocean and atmosphere distribute II from the equator to the poles.”, temos “…e como, precisamente, o oceano e a atmosfera distribuem    II   do equador aos polos”. O verbo distribuir exige um substantivo como objeto direto (quem distribui distribui alguma coisa). E o único substantivo apresentado nas alternativas é “warmth” (calor). O significado das demais palavras apresentadas: warmed: aquecido (verbo); warm: quente (adjetivo); warmful: caloroso, cheio de calor (adjetivo); warme: não existe essa palavra em inglês. Resposta: b

Salvar