Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Ano do Tigre: por que o Ano Novo chinês tem duas datas?

Nesta quinta-feira (3), os chineses comemoram a passagem para o ano do Tigre, seguindo o calendário solar

Por Juliana Morales Atualizado em 3 fev 2022, 15h27 - Publicado em 3 fev 2022, 14h03

Você sabia que o Ano Novo chinês tem duas datas? Diferente do Brasil, que utiliza exclusivamente o calendário gregoriano, a China utiliza a Lua e o Sol como parâmetro, considerando dois calendários ao invés de só um. Em 2022, pelo calendário lunar, o Ano Novo chinês começou no dia 1º de fevereiro. Já de acordo com o calendário solar, a passagem para o Ano do Tigre acontece nesta quinta-feira (3).

O GUIA te explica como funciona cada calendário e a influência deles na realidade chinesa.

Calendário Lunar

De acordo com o calendário gregoriano, usado em países do Ocidente como o Brasil, um ano é o tempo que a Terra leva para dar uma volta completa ao redor do sol – cerca de 365 dias. O calendário lunar funciona diferente: tem como base os 12 ciclos da Lua, que somam, ao  final, cerca de 354 dias.

O ano na China também tem 12 meses, mas não é sincronizado com o tempo das estações, que são baseadas no período de rotação da Terra ao redor do Sol. Por isso, a cada três anos na China, é acrescido o 13º mês e esses anos são considerados como bissextos.

A data do Ano Novo chinês não é fixa como no Brasil, que acontece a cada 365 dias. Com o calendário lunar, o que marca o Ano Novo é a primeira Lua Nova após o solstício de inverno. Geralmente, fica entre os dias 20 de janeiro e 18 de fevereiro. Em 2022, aconteceu no dia 1 de fevereiro, por exemplo.

Ano Novo chinês

Vale ressaltar que os chineses também seguem o calendário gregoriano para fins civis e comerciais. O calendário chinês, que tem como parâmetro a Lua, é mais utilizado para as tradições e comemorações locais. É o caso do Festival da Primavera, comemorado durante a passagem do novo ano lunar. Considerado o feriado mais importante na China, tem duração de cerca de duas semanas, iniciando na véspera do Ano Novo Chinês e chegando ao fim no 15º dia do ano.

Marcado por muitas luzes e decorações na cor vermelha, as comemorações do Ano Novo chinês incluem fogos de artifício, as danças do dragão e do leão e homenagem a antepassados. 

Continua após a publicidade

via GIPHY

Outra tradição muito importante na virada de ano na China são os jantares em família. Na data, milhões de pessoas aproveitam a oportunidade para viajar e se reunir com seus familiares – ou ao menos costumava ser assim antes da pandemia. A covid-19 impactou profundamente as comemorações do Ano Novo chinês nos últimos dois anos e, apesar da taxa de vacinação superior a 85% na China, em 2022 não está sendo tão diferente. As festas tiveram que ser reduzidas diante da alta transmissão da variante ômicron e das fortes restrições chinesas com sua política “Covid zero”.

Calendário solar 

Enquanto o lunar define as celebrações locais, o calendário solar é usado como referência na Astrologia Oriental Chinesa. De acordo com o horóscopo chinês, há um ciclo de 12 anos específico que é representado por 12 animais: o rato, o boi, o tigre, a lebre, o dragão, a serpente, o cavalo, o carneiro, o macaco, o galo, o cachorro e o porco. 

A origem dessa divisão vem de uma lenda antiga oriunda do budismo. Na ocasião, Buda convidou os animais para uma festa e somente esses 12 teriam aparecido. Para homenageá-los, os anos passaram a ser conhecidos pela ordem de chegada de cada um deles. 

Além disso, proveniente da Medicina Tradicional Chinesa, a cada ano com cada animal há a correspondência de um dos 5 elementos (Madeira, o Fogo, a Terra, o Metal e a Água).

Nesse caso, a passagem do novo ano é mais definida, acontecendo, regularmente, entre os dias 3 e 5 de fevereiro. Em 2022, ela ficou para esta quinta-feira (3), que marca o início do Ano do Tigre de Água. Adriana di Lima, professora e Consultora de Feng Shui e Astrologia Chinesa, explica que a combinação entre o signo (Tigre) e seu elemento atuante no momento (Água) trazem  características específicas que podem ser interpretadas e reconhecidas na personalidade de quem nasceu num determinado ano.

O Tigre, por exemplo, geralmente é conhecido como uma energia de muito movimento e dinâmica. “É como se ficasse no ar uma energia de ação durante esse ano. Se a gente se deixar levar, poderemos ter um ano mais corrido e com dinamismo”, explica Adriana.

Para os estudantes, a astróloga aconselha que aproveitem esse movimento de ação para colocar as tarefas em dia. Mas ela também alerta que é necessário ter a consciência do seu próprio limite e equilibrar as responsabilidades com momentos de lazer e descanso. Combinado?

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Continua após a publicidade

Publicidade