Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Oscar 2022: 9 filmes para aumentar seu repertório

Negacionismo, preconceitos, masculinidade tóxica e sociedade do espetáculo são alguns dos temas abordados pelas obras e que podem ser explorados na redação

Por Julia Di Spagna Atualizado em 19 Maio 2022, 20h49 - Publicado em 16 mar 2022, 16h56

O Oscar 2022 acontece no dia 27 de março e algumas das obras indicadas ao prêmio podem ser excelentes ferramentas para os vestibulandos se destacarem nas provas. São filmes e documentários que trazem reflexões sobre questões da atualidade e que podem ser usados para mostrar um repertório mais diverso, rico e aguçado. 

Lembrando que os longas não abordam diretamente as disciplinas e conteúdos trabalhados em sala de aula, mas levantam discussões importantes que podem aparecer na hora da redação ou para contextualizar questões. Em 2020, por exemplo, a série Chernobyl foi usada em uma questão da Fuvest e o filme Bacurau caiu na Unicamp.  

Confira abaixo os títulos que separamos, onde assisti-los e explore o contexto, os principais assuntos e temas que se destacam em cada produção.

Não Olhe Para Cima

O longa da Netflix, que reúne nomes como Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence e Meryl Streep, já chegou batendo recorde: tornou-se o filme com o maior número de horas de stream para um título da plataforma no período de uma semana. Entre 27 de dezembro e 2 de janeiro, a comédia foi assistida por 152,29 milhões de horas pelos usuários.

O enredo é sobre dois cientistas que descobrem que um cometa está em rota de colisão com a Terra. Mas quando eles tentam alertar o governo e população dos riscos que estão correndo, são tratados com descrença, descaso e ridicularização.

Negacionismo, impacto das redes sociais, fake news, papel da imprensa e sociedade do espetáculo são alguns dos temas explorados ao longo do filme.

Indicações: Melhor Filme, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Roteiro Original e Melhor Montagem.

Disponível na Netflix.

Ataque dos Cães

Vencedor do British Academy of Film Awards (BAFTA) 2022 na categoria de Melhor Filme, Ataque dos Cães se passa em 1925, no velho oeste americano. A história gira em torno de dois irmãos fazendeiros de uma família rica. Enquanto o mais velho, Phil, apresenta um comportamento mais agressivo e, muitas vezes, cruel, o caçula, George, se demonstra incomodado com as atitudes do irmão. 

Quando George se casa com a viúva Rose e decide levá-la junto com seu filho, Peter, para morar na fazenda, a situação fica ainda mais complicada. Phil desaprova a decisão e passa a provocá-los.

Uma das principais temáticas trabalhadas na obra é a masculinidade tóxica, que pode ser definida como uma série de regras que, em tese, ditam o que é esperado de indivíduos do sexo masculino e que, na prática, impactando negativamente tanto homens quanto mulheres. 

Indicações: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Diretor, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Ator Coadjuvante (duas vezes), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Direção de Arte, Melhor Montagem e Melhor Mixagem de Som. 

Disponível na Netflix.

Attica

Em 9 de setembro de 1971, prisioneiros de Attica, em Nova York, realizaram a maior rebelião prisional da história dos Estados Unidos. Cinquenta anos após o fato, o documentário levanta reflexões sobre a maneira como as negociações ocorreram, a violência e a tensão daquele dia. 

A obra explora questões como o racismo, os desafios e problemas dos sistemas penitenciários, abuso de autoridade e violência estrutural.

Indicação: Melhor Documentário de Longa-Metragem.

No Ritmo do Coração

O filme conta a história de Ruby, uma jovem de 17 anos que é a única pessoa de sua família que consegue escutar. Seus pais e seu irmão são surdos e ela acaba assumindo diversas responsabilidades para ajudá-los no cotidiano. Um dia, ela decide entrar no coral da escola e descobre na música sua verdadeira paixão. Seus pais, no entanto, não entendem o porquê desse envolvimento com a música e Ruby entra em um dilema: seguir seus sonhos ou continuar nos negócios da família.

A obra destrincha e desmistifica uma série de estereótipos sobre a deficiência auditiva e dá uma aula de inclusão, sem cair em clichês e romantizações. 

Vale lembrar que, em 2017, o tema de redação do Enem foi Desafios para Formação Educacional de Surdos.

Indicações: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator Coadjuvante. 

Continua após a publicidade

Disponível no Amazon Prime Video, no YouTube, no Google Play e na Apple TV

Luca

Nessa animação da Disney, Luca é um garoto monstro-marinho que vive no fundo do mar. Seus pais o proíbem de ir até a superfície porque acreditam que, por ser diferente – com a pele verde e coberta por escamas -, ele seria atacado e ridicularizado pelas pessoas do vilarejo. 

Em determinado momento, Lucas conhece Alberto, um monstro-marinho que vive disfarçado de humano há anos na superfície. Eles se tornam amigos e vivem sonhando em conhecer o mundo, enquanto tentam esconder quem realmente são. O filme aborda temas como inclusão e aceitação.  

Indicação: Melhor Longa-metragem de Animação.

Disponível no Disney+.

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

Outra animação que traz reflexões interessantes é A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas. Na obra, uma família tenta impedir um apocalipse liderado por robôs. De uma forma leve, divertida e, muitas vezes, sarcástica, o longa traz reflexões sobre o uso das redes sociais, a forma como a sociedade se relaciona com a tecnologia e o impactos das grandes corporações do setor.

Indicação: Melhor Longa-metragem de Animação.

Disponível na Netflix, no Youtube, no Google Play e na Apple TV.

King Richard: Criando Campeãs

Esse filme não pode ficar de fora da lista dos fãs de esporte. O longa foca na história de Richard Williams, pai das tenistas Serena Williams e Venus Williams, que fizeram história no esporte. O longa mostra como foi o início e o desenvolvimento da carreira das atletas. 

Além de evidenciar os desafios que rondam o universo esportivo, a obra também aborda questões como racismo e a importância da representatividade.

Indicações: Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Original e Melhor Montagem.

Disponível na HBO Max, no YouTube, no Google Play e na Apple TV

Cruella

O filme conta a história da icônica vilã da animação da Disney “101 Dálmatas” e os eventos que rondaram sua trajetória até que se transformasse em uma sequestradora de cachorros. 

Embora a obra não fale explicitamente em que contexto a narrativa está inserida, o cenário mostra a cidade de Londres nos anos 1970 e tem como inspiração o punk, movimento político, musical e fashion que defende a individualidade e critica a alienação das massas. 

Indicações: Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Penteados.

Disponível no Disney+.

Belfast

A partir da perspectiva de um garoto de 9 anos, o filme tem como pano de fundo os conflitos entre católicos e protestantes na Irlanda do Norte nos anos 1960. Enquanto mostra o cotidiano da criança e sua família, o filme traz referências da cultura da região e da guerra civil que eclodiu na época e traz impactos até hoje. 

Indicações: Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original e Melhor Mixagem de Som.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso PASSEI! do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país.

Continua após a publicidade

Publicidade