logo-ge

Ansioso em saber se conseguirá vaga no Sisu? Use nosso simulador

Ferramenta compara a nota do Enem do candidato com as notas de corte do Sisu do 1º semestre de 2016

Enquanto o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) não divulga as notas de corte preliminares dos cursos ofertados no meio do ano (elas estarão disponíveis a partir desta terça-feira), você já pode matar sua curiosidade com o Simulador do Guia do Estudante em parceria com a Evolucional.

Para fazer a simulação, o site compara a nota do Enem do candidato com as notas de corte do Sisu do 1º semestre de 2016. O programa leva em consideração os pesos que as universidades utilizaram naquela edição e mostra quais foram as notas de corte dia a dia. Com essa informação, você pode simular diversas situações e visualizar em quais opções conseguiria passar.

É importante ressaltar que as notas de corte desta edição não serão as mesmas – e a oferta de cursos também não. Portanto, a consulta é para fins recreativos.

Sisu 2017/2

As inscrições para o Sisu 2017 de meio de ano estão abertas até as 23h59 da quinta-feira, dia 1° de junho. 

A chamada regular ocorrerá no dia 5 de junho, com lista de espera disponível até o dia 19 do mesmo mês. As próximas chamadas ficarão por conta das próprias instituições, com base na lista de espera, a partir de 26 de junho.

Para concorrer, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e não ter tirado zero na redação. Notas de outras edições do Enem não serão aceitas. Os candidatos poderão se inscrever em até duas opções de curso em universidades e institutos públicos, federais e estaduais.

Veja também

Pesos e nota mínima

Algumas instituições participantes do Sisu adotam pesos diferenciados para as provas do Enem. Esta informação estará disponível para o candidato no momento da inscrição. Quando o candidato se inscrever para cursos em que a instituição adotou peso diferenciado para determinada prova do Enem, o sistema fará automaticamente o cálculo, de acordo com as especificações da instituição, gerando uma nova nota. Por isso, um candidato pode ter notas diferentes para cursos diferentes.

Além disso, algumas instituições de ensino adotam uma nota mínima para a inscrição em determinado curso. Ao pleitear uma vaga, o aluno é informado se sua nota obtida é suficiente para concorrer àquele curso. Se não for, ele pode optar por outro curso ou outra instituição.