Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

Conheça os segredos das escolas mais bem colocadas no Enem 2010

Trabalho contínuo e dedicação garantem boas notas de estudantes no exame

Por por MARIANA NADAI
Atualizado em 16 Maio 2017, 13h40 - Publicado em 13 set 2011, 11h54

Na última segunda-feira (12), o Ministério da Educação divulgou o desempenho das escolas brasileiras no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010. Como aconteceu em 2009, o Colégio de São Bento, do Rio de Janeiro, o Instituto São Barreto, do Piauí, e o Vértice Colégio, de São Paulo, apareceram nas primeiras colocações das escolas em que 75% ou mais de seus alunos fizeram a prova do Enem.

– Conheça as 10 escolas públicas com o melhor desempenho no Enem 2010

– Conheça as 10 escolas de São Paulo com o melhor desempenho no Enem 2010

– Confira as 10 escolas de Minas Gerais com o melhor desempenho no Enem 2010

Continua após a publicidade

– Conheça as 10 escolas do Rio de Janeiro com o melhor desempenho no Enem 2010

– Conheça as 10 escolas do Paraná com o melhor desempenho no Enem 2010

– Conheça as 10 escolas da Bahia com o melhor desempenho no Enem 2010

Continua após a publicidade

Acostumada com os bons resultados de seus alunos, em seis anos, esta é a quarta vez que o Colégio de São Bento obtém a melhor média no Enem, a supervisora pedagógica da escola, a professora Maria Elisa Penna Firme Pedrosa, acredita que o segredo da boa colocação é o trabalho contínuo e a dedicação dos professores e alunos.

Os alunos da escola do Rio de Janeiro têm uma rotina bastante puxada. “A escola é período integral, os alunos entram às 7h30 e saem às 16h30. Com isso, as disciplinas têm uma carga horária estendida”, diz a supervisora. Durante o dia, os alunos também têm aulas extras de cultura clássica, história da arte e apreciação musical, além dos cursos de línguas, todos obrigatórios: inglês, espanhol e francês.

Continua após a publicidade

A única preparação dos alunos focada ao Enem e os vestibulares, garante a professora, são quatro simulados feitos no 3º ano do Ensino Médio. “Fazemos isso, mais para que o estudante se acostume com o tipo de prova e saiba administrar o tempo. Na questão de conteúdo, não preparamos nossos estudantes para o Enem, nem para o vestibular, os bons resultados são consequência do nosso trabalho”, explica Maria Elisa.

Consequência do trabalho. Este também é o “segredo” de Maria Estela Rangel da Silva, diretora do Instituto Dom Barreto, de Teresina (PI), para explicar o bom desempenho da escola, obteve a segunda maior média do Enem 2010. “Acredito que isso acontece por causa da metodologia de ensino que usamos. Trabalhamos bastante a questão da leitura e da escrita. Ensinamos o estudante a pensar, a resolver os problemas, a pensar em soluções. Pensamos no desenvolvimento do aluno”, diz a diretora.

O desempenho dos alunos da escola de Teresina pode ser avaliado não apenas no Enem. Os alunos também são aprovados em universidades como a Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), entre outras . “Tivemos um aluno que foi aprovado em primeiro lugar na Fundação Getúlio Vargas (FGV)”, comemora Maria Estela.

Continua após a publicidade

Confira a lista das 10 melhores escolas brasileiras no Enem 2010, que tiveram uma participação acima de 75%

Escola Cidade Rede Nota
 Colégio de São Bento  Rio de Janeiro Privada 761,7
 Instituto Dom Barreto Teresina Privada 754,13
 Vértice Colégio São Paulo Privada 743,75
 Colégio Bernoulli  Belo Horizonte Privada 741,97
 Colégio Santo Antônio Belo Horizonte Privada 740,06
 Colégio Curzeiro-Centro Rio de Janeiro Privada 732,12
 Educandário Santa Maria Goretti Teresina Privada 727,6
 Colégio de Aplicação da UFV-Coluni Viçosa Pública 726,42
 Colégio Santo Agostinho  Rio de Janeiro Privada  726,26
 Colegium – Ensino Fundamental e Médio Belo Horizonte Privada 725,95

Escolas não devem ser avaliadas apenas pelo desempenho na nota do Enem
Muitas escolas que vão bem no Enem, vendem a ideia de que são boas. Mas, de acordo com o consultor de educação e diretor da Educon Consultoria em Educação, Evaldo Colombini Miranda, a nota no Enem deve ser um dos aspectos levados em conta na hora de escolher a melhor escola.

“O ranking em si é questionável, pois observa apenas um dos aspectos do ensino. Para poder definir melhor uma boa escola, é preciso avaliar além de bons resultados, a boa formação dos estudantes, de um projeto pedagógico consistente, com um corpo docente de qualidade, uma filosofia que seja considerada boa pelo pai e um bom ambiente escolar”, diz o consultor.

Busca de Cursos

Continua após a publicidade

Evaldo Miranda também avalia que a melhora dos estudantes na média do Enem não pode, ainda, ser creditada a uma melhora na qualidade da educação. “Em um curto espaço de tempo é difícil dizer que a educação brasileira está melhor. O mais razoável é pensar que as escolas estão dando mais atenção para o Enem, assim como os alunos, que encaram a prova com mais seriedade, por ela ser usada como o vestibular de muitas universidades”, explica.

Mesmo com críticas ao ranking, Miranda considera importante que existam avaliações da educação. “O Enem é útil para forçar a escola a mostrar uma melhoria do desempenho, pois o ranking mostra isso. Para conseguir melhorar no ano seguinte, a escola é obrigada a melhorar a sua estrutura do ensino. O exame é uma das artimanhas que garantem a manutenção da qualidade e melhoria da educação”.

Os resultados de cada escola estão disponíveis para consulta no site do Inep.

LEIA TAMBÉM

– Notícias de vestibular e Enem

Publicidade
Conheça os segredos das escolas mais bem colocadas no Enem 2010
Enem
Conheça os segredos das escolas mais bem colocadas no Enem 2010
Trabalho contínuo e dedicação garantem boas notas de estudantes no exame

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.