Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

Enem 2015 já registra 1,6 milhão de inscritos

Número é inferior ao registrado no mesmo período no ano anterior

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h45 - Publicado em 28 Maio 2015, 12h44

O sistema do Ministério da Educação (MEC) já registra 1 milhão e 650 mil inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), segundo balanço divulgado às 10h desta quinta-feira (28) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As inscrições começaram na segunda-feira (25) e terminam no dia 5 de junho.

>> Faça sua inscrição

O número de inscrições, até agora, é menor que o registrado no ano passado. Na edição de 2014, às 10h30 do quarto dia do prazo, 2 milhões de estudantes já haviam completado o processo de inscrição. Muitos estudantes tem reclamado de problemas no sistema para inscrições.

Para evitar lentidão no acesso, o Inep recomenda que os candidatos acessem o site entre as 6h e 7h da manhã ou após as 20h. Nos demais horários, pode ocorrer congestionamento devido ao alto número de acessos.

 

Continua após a publicidade

As provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. Nesta edição, estão isentos da taxa os estudantes concluintes do ensino médio em 2015, através da rede pública, e as pessoas que comprovarem carência. A taxa aumentou para R$ 63, podendo ser paga até as 21h59 do dia 10 de junho. Entre os dias 15 e 26 de junho, após o fim das inscrições, participantes transexuais e travestis podem pedir o uso do nome social por meio de formulário específico na página do exame.

Em 2015 também não haverá impressão e envio dos cartões de confirmação. O documento estará disponível na página do Enem e será enviado por e-mail para o usuário. Além disso, o MEC não vai mais tolerar faltosos. O candidato que se inscrever, valendo-se da isenção de taxa, e não comparecer, não poderá mais se inscrever gratuitamente nas próximas edições, a menos que apresente uma justificativa aceita pelo MEC.

Outra novidade é que candidatos menores de 18 anos que completarão o ensino médio depois de 2015 estão proibidos de participar de programas de acesso ao ensino superior que utilizem o exame – como Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni), entre outros. O candidato nessas condições também não poderá usar o Enem para solicitar certificado de conclusão do ensino médio.

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade

Publicidade