Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Enem: metade dos alunos não consultou local de prova. Saiba como fazer

Cartão de confirmação de inscrição também tem informação sobre língua estrangeira e permite avisar em caso de covid-19

Por Leticia Sorg Atualizado em 8 jan 2021, 16h41 - Publicado em 8 jan 2021, 16h38

O cartão de confirmação dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 já está disponível na Página do Participante desde a terça-feira (5), mas só 47,4% dos candidatos consultaram o documento, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O cartão tem informações importantes, como o local da prova, além de:

  • Número de inscrição do Enem;
  • Opção para a prova de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol);
  • Indicação se o participante pretende usar a nota para obter o certificado de conclusão do ensino médio;
  • Indicação se o participante necessita de algum atendimento especial (grávidas, lactantes, pessoas com dificuldades de locomoção, pessoas com autismo, dislexia, cegueira, surdez, etc.);
  • As datas e local de prova com detalhamento de horário de abertura e fechamento dos portões, início e fim da prova.

Acessar a Página do Participante também é importante porque é lá que o estudante poderá solicitar a reaplicação do exame, caso esteja com sintomas de covid-19 ou de outras doenças infectocontagiosas descritas no edital (sarampo, caxumba etc).

O Inep recomenda que os estudantes levem o Cartão no dia do Enem, mas o documento não é obrigatório. Para quem for prestar o Enem Digital, o cartão só estará disponível no dia 15 de janeiro.

O presidente do Inep, Alexandre Bastos, deu detalhes da aplicação do Enem 2020 em entrevista ao GUIA. Ele contou como será a identificação dos alunos na hora da prova, a política de uso de máscaras e também o que fazer em caso de suspeita de covid-19. Ao GUIA, Bastos também afirmou que, depois do erro na correção de uma série de provas na edição de 2019, o Inep decidiu manter o preenchimento da cor da prova no gabarito. Segundo ele, a informação é redundante, mas é mais uma precaução para evitar a repetição do problema.

O exame tradicional acontecerá nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Já o Enem Digital será nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Para evitar aglomeração, serão usados mais locais de prova.  Espera-se que sejam usadas 205 mil salas em 14 mil pontos de aplicação. Em 2019, segundo o Ministério da Educação, foram 145 mil salas em 10 mil pontos.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

Continua após a publicidade
Publicidade