Clique e assine GE Play por R$16,90

Enem: sai resultado da enquete e nova data ainda vai dar muita discussão

Maio de 2021 foi o período escolhido pela maioria dos estudantes que votaram

Por Juliana Morales - Atualizado em 1 jul 2020, 16h14 - Publicado em 1 jul 2020, 14h29

Durante coletiva de imprensa, em Brasília, o MEC e o Inep anunciaram nesta quarta-feira (1°) o resultado da enquete sobre as datas do Enem 2020. Maio de 2021 foi o período escolhido pela maioria dos estudantes. Mas nada está definido: a realização da prova ainda vai ser debatida entre autoridades e instituições de ensino e deve ser divulgada em até três semanas pelo governo.

Em pouco tempo, o anúncio já começou a gerar discussão nas redes sociais. Jovens apontam descontentamentos, incoerências e dúvidas em relação ao resultado da enquete e ao posicionamento dos órgãos diante da escolha dos estudantes. Confira os pontos levantados por eles.

O resultado vai valer?

Apesar de a maioria ter votado pela prova em maio, o MEC diz que a data atrasaria o cronograma de faculdades, o que pode ser um grande impasse para o resultado da enquete ser aderido. Segundo o presidente do Inep, Alexandre Lopes, a aplicação em maio dificulta a entrada no ensino superior no primeiro semestre do ano que vem. “Com base na sinalização que eles querem fazer a prova em 2021, vamos conversar com representantes do ensino médio e ensino superior para ver quando será”, afirmou Lopes.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Diante das críticas, o Inep afirmou que o objetivo da enquete era discutir o cenário atual e não definir a data.

Continua após a publicidade

O resultado é justo?

Segundo a pesquisa, 50% dos participantes responderam que preferem a prova em maio de 2021. Mas, entre os 5,8 milhões de candidatos confirmados para o Enem, somente 1.113.350 participaram da enquete. Ou seja, 19,3% dos inscritos confirmados. 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

A enquete ficou disponível de 20 a 30 de junho na Página do Participante. Os inscritos tinham a opção de escolher o adiamento das provas em 30, 60 ou 180 dias das datas previstas nos editais. 

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.

 

Continua após a publicidade
Publicidade