Assine Guia do Estudante ENEM por 15,90/mês
Continua após publicidade

Lula pede que jovens se inscrevam no Enem para reverter queda recente

Exame passa por forte queda no número de inscritos desde 2018. Presidente também criticou as últimas edições. Este ano, as inscrições vão até 16 de junho.

Por Taís Ilhéu
Atualizado em 13 Jun 2023, 12h05 - Publicado em 13 Jun 2023, 11h39

Na estreia de sua nova live, nesta terça-feira (13), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez um apelo aos jovens e pediu que eles se inscrevessem nesta edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). “É importante que todo mundo que queira fazer universidade se inscreva no Enem até o dia 16 de junho”, disse, “para que você possa fazer uma universidade e virar doutor”.

+ Saiba como se inscrever no Enem, passo a passo

O presidente já havia alertado sobre o prazo das inscrições na quarta-feira (7), quando esteve em Paulista (PE) para a inauguração de um campus do IFPE (Instituto Federal de Pernambuco). Na ocasião, ele apontou que os estudantes foram desmotivados a fazer o exame nos últimos anos, o que reforçou na live desta terça. “O Enem estava um pouco desmoralizado, e nós precisamos recuperar a força do Enem porque ele foi a coisa mais extraordinária”.

Lula também chamou atenção para a queda no número de inscritos nas últimas edições. O Enem 2022 teve o segundo menor número de inscrições da história do exame, ficando atrás apenas da edição de 2021, quando 3.109.800 de estudantes se inscreveram. Em 2014, ano de maior adesão, o Enem recebeu 8.722.283 inscrições.

Continua após a publicidade

+ Como saber se a inscrição no Enem foi confirmada?

Além disso, a prova, que é a maior porta de entrada para as universidades brasileiras, também esteve no centro de inúmeras polêmicas nos últimos anos. Em 2021, dezenas de funcionários do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) deixaram seus cargos depois que o então presidente Jair Bolsonaro tentou intervir na elaboração do exame para evitar temas sensíveis ao governo.

Já no ano passado, servidores do instituto denunciaram que o Banco Nacional de Itens, que armazena as questões que compõem a prova, estava esvaziado e a diretoria responsável pelo exame cogitava repetir perguntas de anos anteriores – o que não ocorreu na prática.

Continua após a publicidade

Calendário Enem 2023

Prazo para inscrições: 5 a 16 de junho;

Prazo para pagamento da taxa de inscrição: 5 a 21 de junho

Prazo para solicitar atendimento especializado e tratamento pelo nome social: 5 a 16 de junho;

Continua após a publicidade

Resultado do pedido de tratamento especializado e pelo nome social: 26 de junho;

Prazo para recurso do pedido de tratamento especializado e pelo nome social: 26 a 30 de junho;

Resultado do recurso dos pedidos de tratamento especializado e pelo nome social: 5 de julho;

Continua após a publicidade

Aplicação do exame: 5 e 12 de novembro;

Divulgação do gabarito: 24 de novembro;

Divulgação dos resultados: 16 de janeiro de 2024.

Busca de Cursos

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

 

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso GUIA DO ESTUDANTE ENEM e tenha acesso a todas as provas do Enem para fazer online e mais de 180 videoaulas com professores do Poliedro, recordista de aprovação nas universidades mais concorridas do país. 

Publicidade
Lula pede que jovens se inscrevam no Enem para reverter queda recente
Enem
Lula pede que jovens se inscrevam no Enem para reverter queda recente
Exame passa por forte queda no número de inscritos desde 2018. Presidente também criticou as últimas edições. Este ano, as inscrições vão até 16 de junho.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se você já é assinante faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

DIGITAL
DIGITAL

Acesso ilimitado a todo conteúdo exclusivo do site

A partir de R$ 9,90/mês