Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

MEC lança manual de redação para candidatos do Enem 2012

Já é possível fazer o download do guia do participante

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h35 - Publicado em 30 jul 2012, 17h01

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta segunda-feira (30) o manual de redação do Enem 2012. O documento "A redação no Enem 2012 – Guia do participante" foi apresentado pelo ministro Aloízio Mercadante e pelo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Luiz Cláudio Costa, em uma coletiva de imprensa nesta tarde.

O manual explica a nova forma de correção da prova e dá exemplos de redações modelo comentadas. Foram selecionados textos que receberam a nota máxima (1.000 pontos) no Enem 2011. De acordo com o Inep, considera-se que seus autores "desenvolveram o tema de acordo com as exigências do texto dissertativo-argumentativo" e demonstraram "domínio da norma culta de língua escrita". O anúncio da criação do documento foi feito em maio, ocasião em que o ministro revelou o novo método de correção da redação.

– Faça o download do manual de redação do Enem 2012

– Saiba tudo sobre o Enem: dicas, simulados e muito mais!

– Veja todos os temas de redação que já caíram no Enem

– Confira dicas de como escrever uma boa redação no Enem

– Aprenda a fazer a redação do Enem passo a passo

Novo método de correção

A partir de 2012 a redação é corrigida por dois especialistas, de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. Cada corretor atribuirá uma nota entre 0 (zero) e 200 (duzentos) pontos para cada uma das cinco competências totalizando 1000 (mil) pontos. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores.

Continua após a publicidade

Caso ocorra uma diferença de 200 pontos ou mais entre as duas notas totais (numa escala de 0 a 1000) ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências for superior a oitenta (80) pontos (numa escala de 0 a 200), a redação passará por uma terceira correção. A nota atribuída pelo terceiro corretor substitui a nota dos demais corretores. Caso o terceiro corretor apresente discrepância com os outros dois corretores, haverá novo recurso de ofício e a redação será corrigida por uma banca composta por três corretores que atribuirá a nota final ao participante.

Distribuição do manual de redação

O manual terá inicialmente uma tiragem de 1,7 milhões de cópias, a serem distribuídas às escolas públicas de todo o Brasil. Haverá também cópias em braille e na forma ampliada, para pessoas com déficit de visão. O arquivo em PDF será disponibilizado na página do Enem, do MEC e Inep.

Investimentos

O Inep anunciou na última quinta-feira (26) que fará um investimento de R$ 2 milhões em editais para promover estudos para aperfeiçoar o método de correção da redação. O instituto também afirmou que desde o início de julho está treinando mais de 4 mil corretores para avaliarem as os textos produzidos pelos candidatos na edição de 2012.

Provas

As provas serão realizadas em 3 e 4 de novembro, em todas as Unidades da Federação. No primeiro dia, o exame terá duranção de 4h30, com início às 13h e termino às 17h30. No segundo dia, serão 5h30 de provas, com início às 13h e término às 18h30. O Enem será constituído de uma redação e quatro provas objetivas, com 45 questões de múltipla escolha cada. O gabarito estará disponível em 7 de novembro e o resultado final será divulgado em 28 de dezembro. O exame avaliará as seguintes áreas de conhecimento do Ensino Médio:

Área do Conhecimento Componentes Curriculares
Ciências Humanas e suas Tecnologias História, Geografia, Filosofia e Sociologia
Ciências da Natureza e suas Tecnologias Química, Física e Biologia
Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e suas Tecnologias da Informação e Comunicação.
Matemática e suas Tecnologias

Matemática

LEIA MAIS

– Notícias sobre vestibular

– Notícias sobre o Enem

Continua após a publicidade
Publicidade