Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

MEC pretende alterar correção de redações do Enem

Exame ocorrerá nos dias 3 e 4 de novembro

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h29 - Publicado em 24 Maio 2012, 11h58

O Ministério da Educação (MEC) irá alterar a forma como as redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são corrigidas, segundo apurou a Agência Estado.

Hoje, um texto é corrigido por dois especialistas e, se houver discrepância superior a 300 pontos, passa por apenas um terceiro corretor. A ideia, agora é que discrepância máxima entre as notas dadas pelos dois corretores caia para 200 pontos. Acima disso, a redação passará para um terceiro corretor e, se nem ele conseguir chegar a um consenso com os outros dois, a prova será submetida a uma banca examinadora para dar a nota final.

– MEC quer critérios mais objetivos para a correção de redações do Enem
– Fuvest, Unicamp e Unesp definem calendário do vestibular 2013

O ministro da educação Aloizio Mercadante e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Cláudio Costa, devem dar mais detalhes e anunciar outras mudanças em uma coletiva de imprensa hoje, às 16h. O GUIA DO ESTUDANTE acompanhará os anúncios e trará mais informações.

A próxima prova do Enem está marcada para os dias 3 e 4 de novembro.

LEIA MAIS:

– Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade

Publicidade