Clique e Assine o Passei! a partir de R$ 9,90/mês

MEC quer critérios mais objetivos para a correção de redações do Enem

Nota de redações gerou problemas no começo do ano

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h34 - Publicado em 8 Maio 2012, 12h20

Depois de problemas envolvendo a correção de redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com estudantes obtendo na Justiça o direito à sua revisão, o Ministério da Educação (MEC) anunciou que pretende mudar os critérios para a nota.

Em evento no Rio de Janeiro, o ministro da educação Aloizio Mercadante afirmou que a ideia é adotar critérios mais objetivos para a correção das redações.

Veja também:
– Candidato de MG consegue mudar nota da redação do Enem
– MEC admite erro ao corrigir 129 redações do Enem 2011

“Nós estamos trabalhando fortemente para ter uma matriz de correção que dê segurança em relação à objetividade, porque texto sempre tem alguma subjetividade. Vamos aumentar o rigor da correção para dar objetividade, critérios bem definidos e bastante segurança ao aluno”, disse o ministro.

Continua após a publicidade

Segundo ele, os novos critérios já serão usados na próxima edição do Enem, a ser realizada em outubro ou novembro. “Estamos discutindo todas as alternativas (…) para que os alunos saibam quais são os critérios de correção da prova. E para que, quando houver divergência entre os avaliadores, a arbitragem seja muito eficiente”, disse.

*Com informações da Agência Brasil

LEIA MAIS:

– Notícias de vestibular

– Notícias sobre o Enem

Continua após a publicidade

Publicidade