Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

Provas do Enem 2012 já foram impressas e distribuídas, afirma ministro

Exame acontece em 3 e 4 de novembro

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h40 - Publicado em 25 out 2012, 16h58

Os cadernos de prova que serão usados no Exame Nacional do Ensino Médio, nos próximos dias 3 e 4, já estão impressos e foram encaminhados para locais estratégicos de distribuição em todo o Brasil. A informação foi dada pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, nesta quinta-feira (25/10).

– Inscreva-se para o simulado online do Enem do GUIA DO ESTUDANTE que acontece no sábado (27/10)

– Leia 100 perguntas e respostas sobre o Enem 2012

– Saiba o que estudar a menos de um mês do Enem

– Monte uma revisão personalizada para o Enem

De acordo com o ministro, “já está tudo pronto” para o exame. “Há muito tempo (as provas já foram impressas), todas as provas já estão distribuídas próximas aos locais (de aplicação). São 72 batalhões do Exército, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar (cuidando da segurança), estão muito bem protegidas”, disse Mercadante.

Com a segurança reforçada para evitar vazamentos da prova, o ministro destaca que já está tudo planejado para a entrega dos cadernos nos locais de exame. “Está tudo pronto, já estamos com as provas todas distribuídas, toda a infraestrutura logística preparada”, afirmou.

O treinamento dos fiscais também foi reforçado, segundo Mercadante. “Acredito que vamos ter um excelente exame, quem estudou vai ter um ótimo resultado”, conclui. 

Mudanças na correção da redação

Este ano, o MEC também confirmou as mudanças que já vinham sendo esperadas na correção das próximas provas. As redações receberão notas para cinco itens de competência: domínio da língua portuguesa, compreensão do tema proposto, capacidade de selecionar e organizar ideias, demonstração de conhecimento sobre o tema e apresentação de solução para a proposta dissertativa. Cada um dos corretores deverá atribuir nota de zero a 200 pontos para cada uma dessas competências.

– Veja o manual de redação lançado pelo MEC para o Enem

Continua após a publicidade

O procedimento realizado quando houver discrepância entre as notas dadas pelos corretores também mudou. Até o ano passado, um texto era corrigido por dois especialistas e só passaria para um terceiro se houvesse diferença de nota superior a 300 pontos. Agora, a discrepância máxima entre as notas caiu para 200 pontos na nota total ou 80 pontos em cada uma das competências. Acima disso, a redação passará para um terceiro corretor e a nota final será a média aritmética simples das notas mais próximas. Caso as diferenças entre as notas permaneçam, a prova será submetida a uma banca examinadora composta de três avaliadores, que darão a nota final.

Provas

As provas serão realizadas em 3 e 4 de novembro, em todas as Unidades da Federação. No primeiro dia, o exame terá duranção de 4h30, com início às 13h e termino às 17h30. No segundo dia, serão 5h30 de provas, com início às 13h e término às 18h30. O Enem será constituído de uma redação e quatro provas objetivas, com 45 questões de múltipla escolha cada. O exame avaliará as seguintes áreas de conhecimento do Ensino Médio:

– Ciências Humanas e suas Tecnologias

– Ciências da Natureza e suas Tecnologias

– Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação

– Matemática e suas Tecnologias

O gabarito estará disponível em 7 de novembro e o resultado final será divulgado em 28 de dezembro.

*Com informações do jornal O Estado de S.Paulo

LEIA MAIS

– Notícias de vestibular

– Saiba tudo sobre o Enem

 

Continua após a publicidade
Publicidade