Clique e Assine a partir de R$ 20,90/mês

USP discute uso do Enem como forma de ingresso na universidade

Fuvest, no entanto, não será abandonada

Por da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 13h30 - Publicado em 16 dez 2014, 16h33

A Universidade de São Paulo (USP) pode adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma alternativa de ingresso para novos estudantes, afirma coluna publicada no jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira (16).

O assunto foi discutido na semana passada em uma reunião entre o reitor, Marco Antonio Zago, e 54 diretores de unidades de ensino, institutos e museus da universidade. Segundo Zago, ninguém se manifestou contra a ideia.

– Fuvest divulga notas de corte da primeira fase do vestibular 2015

– Prova da Fuvest foi difícil e trabalhosa, afirmam professores

Continua após a publicidade

No entanto, a Fuvest, vestibular tradicional da instituição, não será abandonada. O plano é que sejam reservadas algumas vagas para o Enem, permitindo, segundo ele, que a diversidade nos perfis dos estudantes aumente (já que o exame nacional teve 8,7 milhões de inscritos neste ano, contra cerca de 140 mil na Fuvest).

Em junho, o reitor já havia anunciado essa intenção de oferecer novas formas de ingresso na universidade. Uma possibilidade citada por ele na época, além do Enem, era a busca de talentos em olimpíadas científicas, principalmente aquelas relacionadas às áreas de ciências básicas, como matemática, química e física.

A decisão final deve ser tomada no ano que vem.

 

 Leia mais:

Notícias de vestibular e Enem

Continua após a publicidade
Publicidade