logo-ge

Videoaula do Curso Enem – Eletrólise

A eletrólise é responsável pela produção de muitos materiais e compostos presentes no nosso dia a dia

Lembra das reações de oxidação e redução que você estuda na Química? A eletrólise tem, em partes, relação com elas. A diferença é que aqui esses processos não são espontâneos, mas forçados pela formação de um sistema físico-químico formado por um cátodo, um ânodo, o eletrólito e uma fonte de energia externa, que pode ser uma pilha ou bateria. 

Pareceu complicado e distante? Saiba que a eletrólise é responsável pela produção de muitos materiais e compostos presentes no nosso dia a dia! Alguns exemplos são o alumínio e o cobre, grande parte das bijuterias e até as rodas de magnésio das calotas dos carros. 

Nem todos esses materiais, é claro, são formados a partir do mesmo tipo de eletrólise. Na classificação desses processos, o que varia é o tipo de eletrólito — substância líquida condutora — no qual os materiais estarão mergulhados. Se for um eletrólito fundido, trata-se de uma eletrólise ígnea. Se o eletrólito é a água, teremos uma eletrólise aquosa. 

Nesta aula, o professor Calçada explica os conceitos básicos de eletrólise e os cálculos estequiométricos que esse processo envolve.

A aula “Eletrólise” integra o acervo de mais de 190 vídeos do Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE, que publica novos conteúdos todas as terças e sextas-feiras para te preparar para o maior vestibular do país.

Todas as videoaulas do Curso Enem são feitas em parceria com o curso Poliedro e estão disponíveis apenas para assinantes, que podem ter acesso a todo novo conteúdo e ao já publicado nos anos anteriores, além de exercícios comentados e material de apoio, por R$ 12,90 mensais. Saiba mais sobre o curso.