Assine com até 65% de desconto

10 filmes, séries e livros para entender a Primeira Guerra Mundial

As obras, reconhecidas pela crítica, vão aumentar seu repertório para os exames

Por Wender Starlles Atualizado em 23 nov 2020, 14h53 - Publicado em 11 nov 2020, 16h58

Há 102 anos, neste mesmo dia, um acordo de cessar-fogo entre Alemanha e países aliados colocou fim à Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Foi o conflito mais violento que a humanidade havia presenciado até então. Resultado de várias tensões europeias herdadas do século 19, teve como estopim o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando em Sarajevo, na Bósnia. Historiadores estimam que 15 milhões de pessoas morreram em decorrência dos combates. Na época, o mundo testemunhou a invenção de armas poderosas que tinham grande poder de letalidade, como tanques de guerra, aviões, metralhadoras, e até o uso de gases tóxicos.

Após o fim da disputa, ocorreram diversas transformações na Europa, que anos depois resultaram na Segunda Guerra Mundial. Já deu para perceber que o assunto rende, né? Por isso, para entender melhor todos esses acontecimentos da Grande Guerra, confira 10 filmes, séries e livros que ajudarão a aumentar o seu repertório sobre o tema.

Lawrence da Arábia (1962). Direção: David Lean

Muitos não sabem, mas a Primeira Guerra Mundial não aconteceu somente em território europeu. Houve também um conflito no Oriente Médio. Por isso, vale a pena conferir esse super clássico dos cinemas, que mostra um lado pouco explorado nos estudos sobre o período. O filme é baseado na biografia de Thomas Edward Lawrence (1888-1935), arqueólogo e militar inglês, que estava em missão na Península Arábica durante o conflito e se juntou às tribos árabes para derrotar o Império Turco-Otomano (aliado na Alemanha). A produção ganhou sete Oscars, incluindo o de melhor filme.

Disponível no YouTube.

Carlitos nas Trincheiras (1918). Direção: Charles Chaplin

Divulgação/Reprodução

O curta-metragem se passa na França e conta a história de Carlitos, personagem recorrente de Chaplin, que é convocado para guerra, mas antes precisa passar por um treinamento em um esquadrão nada convencional. Como é de se esperar, o humor está presente na narrativa para falar de assuntos sérios e, acima de tudo, provocar reflexões sobre os absurdos vividos por soldados nos conflitos armados.

Nada de novo no front (1930). Direção: Lewis Milestone

Sete amigos de infância estão se formando no ensino médio, na Alemanha, e são influenciados por um discurso nacionalista feito por um professor, que fala sobre as glórias e a superioridade da cultura germânica. Os jovens decidem se alistar no Exército em 1916 para auxiliar no combate de tropas inimigas. Depois de oito semanas de treinamento, eles começam a ficar desanimados com aquela situação. Tudo piora quando o grupo entra nos campos de batalha e percebe que a realidade da guerra é muito pior do que se pensava. Ela estava distante dos belos discursos feitos pelo professor. O filme venceu quatro prêmios no Oscar de 1931: melhor diretor, filme, fotografia e roteiro.

Disponível no Google Play

Glória feita de sangue (1957). Direção: Stanley Kubrick

Em uma operação totalmente suicida, o coronel francês Dax, interpretado por Kirk Douglas, recebe ordens do General Paul Mireau para atacar uma posição alemã. No meio da ação, metade do batalhão é morto nas trincheiras e a outra parte fica com receio de prosseguir a missão, que no fim foi um fracasso. Para punir os insubordinados, o general escolhe três soldados aleatoriamente que são submetidos à corte marcial. Porém, o coronel Dax tenta defendê-los do julgamento injusto.

Disponível no Telecine.

1917 (2019). Direção: Sam Mendes

Dois soldados britânicos recebem a missão de levar uma carta para o alto comando. Mas eles precisam atravessar a Terra de Ninguém e entrar no território inimigo para entregar a mensagem que pode salvar mais de mil companheiros de batalha de uma emboscada do exército alemão. A trama foi inspirada por acontecimentos reais contados por Alfred Mendes, avô do diretor que lutou durante a Primeira Guerra. Além do enredo, a grande atração é a filmagem em um longo plano-sequência.

Disponível no Telecine.

SAIBA MAIS

Continua após a publicidade

100 anos da Primeira Guerra Mundial: Os personagens mais importantes

Livros:

A Beleza e a Dor: Uma história íntima da Primeira Guerra Mundial, de Peter Englund

Reprodução/Divulgação

Contém 19 histórias resgatadas de diários e cartas de pessoas comuns que foram afetadas pelo conflito. A proposta da narrativa não é contar as causas, o desenrolar ou consequências da guerra, mas sim como a vida, o dia a dia, foi transformado por ela. O autor reconstitui o mundo emocional que guia os acontecimentos narrados.

Disponível na Amazon.

Os Sonâmbulos, de Christopher Clark

O professor da Universidade de Cambridge, umas das mais prestigiadas do mundo, analisa como eclodiu a Primeira Guerra Mundial a partir do assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando e de sua esposa, Sofia. Ele reconstrói o contexto social e o papel dos protagonistas políticos em Viena, Berlim, São Petersburgo, Paris, Londres e Belgrado para esclarecer como o conflito começou em poucas semanas.

Disponível na Amazon.

A Guerra que Acabou com a Paz, de Margaret MacMillan

Reprodução/Divulgação

A prestigiada historiadora reconstitui as diversas mudanças políticas e tecnológicas na Europa anos antes da Primeira Guerra Mundial. Na obra, a autora busca elucidar se existe de fato um verdadeiro culpado pelo conflito e por quais motivos as nações europeias decidiram trocar a paz pela guerra.

Disponível na Amazon.

Séries:

Downton Abbey (2010-2015).

A série, mais especificamente a segunda temporada, conta a história de uma das famílias mais ricas da Inglaterra que teve sua vida transformada com o começo da Primeira Guerra Mundial. A trama aborda o ponto de vista de pessoas que não lutaram no conflito, mas foram afetadas de alguma maneira por ele.

Disponível no Amazon Prime Video.

O Levante da Páscoa (2016)

O drama se passa em 1916 na Irlanda e conta a história da violenta Revolta da Páscoa, em Dublin, entre as forças armadas britânicas e os revolucionários irlandeses durante a Primeira Guerra Mundial. Além disso, ela aborda um ponto bastante interesse: o papel fundamental das mulheres no evento histórico. Durante os episódios, o público acompanha três protagonistas que fazem de tudo pela causa. O embate teve como resultado a Independência da Irlanda.

Disponível na Netflix.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro, que é recordista em aprovações na Medicina da USP Pinheiros.

Continua após a publicidade
Publicidade