logo-ge

Aulas de Medicina da UFSCar são suspensas por tempo indeterminado

Alunos do 5º ano estão sem aulas práticas na Santa Casa de São Carlos

por Guilherme Dearo

 

 atualizado em 07/05/2010, às 15h20

 

A primeira turma de Medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), um dos cursos mais disputados do vestibular paulista (6.903 inscritos e 172.58 candidatos por vaga no último vestibular), tiveram as aulas práticas suspensas por tempo indeterminado. As atividades deveriam ter começado na último segunda-feira (3), mas foram canceladas com aviso por email enviado à turma do 5º ano em 30 de abril.

Os estudantes tinham as aulas práticas na Santa Casa de São Carlos, mas o acordo entre a instituição e a UFSCar foi suspenso temporariamente.

De acordo com o Dr. Edilson Seraphim Abrantes, diretor clínico da Santa Casa de São Carlos, profissionais da instituição acompanhavam os alunos do curso desde março deste ano sem contrato assinado com a universidade.

– MEC quer descredenciar uma faculdade de Medicina e diminuir vagas em outras 8

Um acordo verbal previa que os médicos recebessem um adicional de R$100 por acompanhar os estudantes durante seus turnos de 16 horas. A falta do primeiro pagamento, em 13 de abril, levou a Santa Casa a notificar a UFSCar. Semana passada, nova notificação foi feita. Dessa vez, UFSCar e Prefeitura de São Carlos afirmaram que o dinheiro não poderia ser pago no momento.

Segundo o Dr. Seraphim Abrantes, o corpo clínico da instituição está disposto a continuar com as atividades, desde que seja feita nova discussão e acordo.

Em nota, o professor Pedro Galetti, vice-reitor da UFSCar, disse que a universidade garante a reposição das atividades que foram canceladas. De acordo com Galetti, o curso de Medicina ainda está em fase de implantação, o que explica as dificuldades.

“O curso está com sua primeira turma no quinto ano e, como todo curso em implantação, em qualquer instituição de ensino do país ou do mundo, enfrenta enormes desafios nesse percurso”, diz.

Em nota, a reitoria da UFSCar diz ter a expectativa de que as atividades sejam retomadas nos próximos dias. O Ministério da Educação (MEC) informou, por meio da assessoria de imprensa, que o assunto é de autonomia e responsabilidade da UFSCar e que por enquanto não tem um posicionamento sobre o assunto.

 

SAIBA MAIS

– Notícias de vestibular

– Notícias de Enem