logo-ge

Como convencer seus pais a deixarem você fazer um intercâmbio?

É possível mostrar para eles as vantagens dessa experiência e deixá-los mais seguros e confiantes

Estudar no exterior é um sonho para muitos jovens e um privilégio para poucos. A experiência é enriquecedora em diversos aspectos: você explora novos idiomas, aprende a se virar sem seus pais por perto, tornando-se mais independente, conhece pessoas de diferentes culturas, dá uma impulsionada no seu currículo e ainda explora um país novo. Mas o que fazer quando seus pais são contra essa ideia?

Em primeiro lugar, é preciso descobrir o motivo desse receio. Converse com eles e tente entender os argumentos que estão apresentando. Leve em consideração as preocupações, como o fato de você estar viajando sozinho, para um lugar em que as pessoas falam uma língua diferente da sua e em um país que você não conhece. 

Além disso, às vezes, a razão para essa recusa é porque eles não conseguiriam pagar pelo intercâmbio. Nesse caso, não desanime e comece a economizar para realizar esse sonho (ou parte dele). Confira algumas dicas aqui.

Mas se você perceber que eles são contra a ideia por outros motivos, como medo ou insegurança, temos algumas dicas que irão ajudá-lo a convencê-los. Veja abaixo:

Explique com detalhes

Boa parte do receio dos pais surge da falta de informação. Explique o tipo de programa que deseja fazer, o tempo de duração e todos os detalhes que conseguir imaginar. Entre eles, diga se você ficaria em casa de família ou na própria instituição de ensino, quanto irá custar (o valor do curso + a quantia aproximada que você precisa para se manter lá pelo período determinado), a cidade que escolheu e as vantagens do lugar onde irá estudar.

Antes dessa conversa, faça uma lista com tudo que achar relevante para não esquecer na hora. Nesse momento, é importante pesquisar bastante e estar preparado para resolver as dúvidas que surgirem. Sem contar que ver que você está engajado já irá deixar seus pais um pouco mais tranquilos sobre a decisão. 

Planejamento é tudo

Eles precisam sentir que todos os detalhes que você forneceu irão se encaixar em um planejamento bem feito. Aqui, entra o início do curso, como você se organizaria financeiramente por lá e mais detalhes, como horários e disciplinas.

Benefícios profissionais

Ter uma experiência internacional no currículo é algo muito positivo para sua carreira, dando uma vantagem competitiva quando você for tentar uma vaga. E, por mais que estude um idioma por aqui, passar o dia inteiro ouvindo e falando uma língua estrangeira, e precisar se virar com ela, ajuda na fluência de uma forma sem igual. 

Benefícios pessoais

Com os benefícios acadêmicos estabelecidos, é hora de apresentar as vantagens pessoais de fazer um intercâmbio. Sem os pais e toda a segurança de estar perto de casa, sua maturidade e responsabilidade serão colocadas à prova. Essa experiência também irá ajudá-lo a desenvolver habilidades, como a proatividade, independência e saber lidar com diferenças.

Responsabilidade 

Responsabilidade é algo que você só conseguirá mostrar para os seus pais de uma forma: mostrando. Ou seja, tenha no seu dia a dia, ainda no Brasil, atitudes maduras e bem pensadas que darão mais confiança para eles na hora do intercâmbio. Imprevistos podem acontecer, mas eles precisam sentir que conseguirá e que podem confiar em você. 

Segurança

Eles vão querer saber se você terá algum tipo de assistência por lá. Então, apresente a agência ou instituição com a qual você fará a viagem e todas as medidas de segurança do programa ao longo do processo, desde o aeroporto até o suporte que você receberá por lá. Combine horários para ligar para eles, fazer chamadas por vídeos e procure alguns contatos de emergência, como o número da escola ou universidade, do seguro e, se for o caso, da casa na qual você irá ficar.

Exemplifique

Conhece algum amigo que já fez intercâmbio? Pergunte as experiências mais bacanas que ele viveu. Vale a pena até ver se o seu amigo toparia conversar com seus pais. Para eles, o intercâmbio pode parecer algo distante e assustador, mas quem sabe não mudam de ideia ao ouvir algumas histórias interessantes e que destaquem os pontos positivos da viagem? Tornar essa realidade algo mais próximo, acessível e real pode fazer toda a diferença.

Prepare-se para o Enem sem sair de casa. Assine o Curso Enem do GUIA DO ESTUDANTE e tenha acesso a centenas de videoaulas com professores do Poliedro.