logo-ge

Como é o estágio ideal?

Vice-reitora da FEI e pró-reitora de graduação da PUC-SP aconselham cautela aos estudantes que pretendem estagiar desde o primeiro ano

Entrou na faculdade e começaram as aulas. E agora? A vida universitária tem muito mais a oferecer do que o conteúdo de sala de aula. Realizar pesquisas extracurriculares e desenvolver projetos próprios são algumas possibilidades para quem está no curso superior. Outra possibilidade bem popular é o estágio.

– 27 respostas para você entender os direitos e os deveres dos estagiários

“O estágio é essencial para os estudantes de todas as áreas, na medida em que permite articular a ação profissional ao conhecimento produzido na universidade”, avalia a pró-reitora de Graduação da PUC-SP, Marina Graziela Feldmann. “Obrigatório ou não [para a obtenção do diploma], para o mercado ele é obrigatório. Se o aluno quer seguir na carreira profissional, é muito importante estagiar”, completa a vice-reitora de extensão e atividades comunitárias da FEI, Rivana Basso Marino.

– Leia a entrevista da vice-reitora da FEI na íntegra

– Leia a entrevista da pró-reitora da PUC-SP na íntegra

Mas a importância do estágio para a formação dos alunos não significa que todos devam estagiar desde o primeiro ano de faculdade, opinam Rivana e Marina. Ninguém deve esquecer que o estágio complementa a formação universitária, não o contrário, lembra a vice-reitora da FEI, ressaltando que o estágio não pode atrapalhar as atividades escolares dos estudantes.

Ter tempo para conhecer os colegas e para se aprofundar nos conteúdos do curso é fundamental para os universitários, completa Rivana. “Se o aluno tem condições, pelo menos nos três primeiros anos, ele não deve se preocupar com estágio”, diz ela. “Nessa fase é importante aprender a estudar sozinho, não pode sair da faculdade só com o conhecimento obtido em sala, tem que ser autônomo”, explica.

NOVA LEI DO ESTÁGIO
“A nova Lei introduz alterações positivas para os estudantes, essencialmente porque dá segurança a eles. Ao regulamentar os estágios, a legislação impede algo que era muito comum no mercado: o uso de estagiários como mão de obra barata”, analisa a pró-reitora de graduação da PUC-SP, Marina Graziela Feldmann.

ENQUETE: Qual a carga horária ideal para o estágio?

O limite da carga horária dos estágios em seis horas diárias é apontado pelas entrevistadas como novidade positiva introduzida pela nova lei, em vigor desde setembro de 2008. “Quem faz oito horas de estágio e fica mais quatro ou cinco horas na aula quase não tem tempo de fazer trabalhos e de estudar. Fica numa rotina muito pesada, sem poder pegar o livro e ir mais fundo naquilo que lhe interessa, não pode fazer trabalhos com calma”, expõe da vice-reitora da FEI, Rivana Basso Marino.

FÓRUM

– O que você acha dos estágios profissionais?

– Você é ou já foi estagiário? Conte sua experiência!

LEIA MAIS

– Notícias sobre vestibular

– Notícias sobre o Enem